Cidade limpa exige que a população também faça sua parte


Cidade limpa é aquela em que menos se suja. Embora pareça óbvia, a prática de manter o ambiente limpo em se tratando de espaços públicos muitas vezes é deixada de lado por parte da população. O resultado é igualmente óbvio: lixo nas vias públicas que entope as bocas de lobo e causa enchentes. A coisa fica ainda mais séria quando se descarta irregularmente em calçadas e córregos sofás, colchões, eletrodomésticos e grandes objetos que não servem mais.


Há vários anos, a Secretaria de Serviços Municipais (SSM) da Prefeitura de Barueri mantém uma série de serviços de limpeza urbana e de coleta de resíduos domiciliares e hospitalares, além da coleta seletiva de materiais recicláveis. Contudo, sem a colaboração da população na manutenção da cidade limpa, a batalha diária certamente fica perdida.

Só para se ter uma ideia dos volumes de resíduos coletados por mês pelo serviço de limpeza da Prefeitura: são 7,8 mil toneladas de lixo domiciliar, 5 mil toneladas de entulho, 400 toneladas na coleta seletiva, além de 350 viagens com caminhões para recolher “cacarecos” (móveis velhos, madeira e grandes objetos sem serventia) pela cidade.


De acordo com Francisco Pugliesi, diretor de Limpeza Urbana, “hoje oferecemos à população coleta de lixo domiciliar três vezes por semana, coleta seletiva duas vezes por semana, o ‘Cata-Cacarecos’ de resíduos volumosos e o ‘Papa Entulho’, e mesmo assim ainda falta colaboração por parte de muitas pessoas. Identificamos muitos pontos viciados na cidade onde há descarga irregular de todo tipo de resíduos”.

Operações de limpeza

O programa Papa-Entulho é a opção oferecida pela Prefeitura para o descarte consciente de pequenas quantidades de materiais sem uso vindos da construção civil (cascalho, restos de reformas, madeiras etc). Esse serviço é feito através de caçambas e do empréstimo de grandes sacos flexíveis (big-bags). Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 4162-7300, ou pelo e-mail ssm@barueri.sp.gov.br.


“Nesse caso nós obedecemos a uma programação de coleta na cidade. São quatro equipes fixas cada uma trabalhando num setor quadrante da cidade e que realizam a remoção dos cacarecos. As equipes são formadas por um caminhão carroceria, motorista e três ajudantes. Em 21 dias, as equipes fazem 100% da área do município”, explica Pugliesi.


Já a “Operação Cata-cacarecos” recolhe resíduos na porta das residências, porém somente na data e no horário estabelecidos pela SSM. Para saber o dia em que passa em cada região, o morador deve ligar para o mesmo número: 4162-7300.


O compromisso da Administração municipal para com os trabalhos desse tipo de limpeza urbana é ancorado em lei, a 2.580, de 2017, que “institui o serviço de coleta residencial de entulho e resíduos em Barueri”.