top of page

Cotia abre votação on-line para escolha de escultura em homenagem às vítimas de Covid-19

Três protótipos estão em exposição na Biblioteca Batista Cepelos até o dia 18/05. Fotos também estão disponíveis para votação on-line.

 

Mais de mil pessoas, entre homens, mulheres, crianças e idosos foram vítimas de Covid-19 na cidade de Cotia. Uma das maiores pandemias dos últimos anos, a Covid-19 vitimou mais de sete milhões de pessoas em todo o mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde. E, em memória às vítimas fatais da doença, o artista Bane Radojevic usou o seu tempo de confinamento durante o período mais restritivo da pandemia e esculpiu três protótipos de escultura em memória às vítimas da cidade de Cotia. Caberá à população, por meio de votação on-line, escolher o modelo da escultura que será feita pelo artista e doada para a municipalidade.

 

A escultura terá 4,50 metros de altura e aproximadamente 400 quilos. Na base da obra será possível ler os nomes dos cotianos vitimados pela Covid-19. Toda esta mobilização integra o “Projeto Réquiem pela Vida, Homenagem aos Profissionais e Vítimas da Covid-19” – iniciativa contemplada por edital de premiação, lançado pela Secretaria de Cultura e Lazer, com recursos da Lei Paulo Gustavo.

 

Bane Radojevic se isolou por 183 dias. Período em que mergulhou em ideias e criou os protótipos para servirem de elemento de ‘Réquiem pela Vida’. De acordo com o artista, mesmo com a escultura pronta, o protótipo equivalente permanecerá na parte inferior da obra, desta maneira, pessoas com deficiência visual poderão tocá-la e perceber sua forma e textura.

 

A proposta é que a escultura seja colocada no ‘Memorial Réquiem pela Vida’, a ser instalado ao lado do Pronto-Socorro Infantil, em uma área que abrigou o hospital de campanha de Cotia, durante a pandemia.

 

Sobre Bane Radojevic

Bane estudou pintura na Academia de Belas Artes de Roma. Participou de exposições individuais e coletivas em países como Itália, Suécia, Croácia, Sérvia, Macedônia e Japão. Sua história com o Brasil começou em 1990, quando teve que fugir da Guerra Civil na Iugoslávia. O artista vive em Cotia há mais de 20 anos.

 

Serviço

Escolha da escultura do “Projeto Réquiem pela Vida, Homenagem aos Profissionais e Vítimas da Covid-19"

Link de votação: https://encurtador.com.br/giqv1 (fotos disponíveis)

Até o dia 18 de maio de 2024, protótipos da escultura podem ser visitados na Biblioteca Batista Cepelos (Av.: Prof. Manoel José Pedroso, 1147 – Parque Bahia


Comments


bottom of page