top of page

Cotia: Após denúncia anônima, indivíduo é preso no Morro Grande pelas equipes do 5º Baep


Segundo a Polícia, ele teve participação em alguns roubos ocorridos na região de Cotia (quadrilha do PIX).

 

Por volta das 16h50 desta terça-feira, 18, após denúncia anônima, equipes do 5° BAEP tomaram ciência de que um indivíduo que teria participado de vários roubos ocorridos na região de Cotia, estaria em um condomínio na Estrada do Morro Grande. Segundo a denúncia, ele teria inclusive participado do Latrocínio tentado contra um policial militar do 20ºBPM/M no final do ano (saiba mais), bem como teria em sua posse algumas armas de fogo.


A equipe se deslocou a fim de verificar as informações obtidas e, no local, foi formada uma célula tática composta pelos integrantes da equipe do CMD 4 e do CMD 7 dando início a averiguação.


No momento em que os policiais acessaram o 2º andar do bloco, avistaram um indivíduo que saia do apartamento informado na denúncia. Ao visualizar as equipes, este retornou para o interior do imóvel com uma das mãos na cintura, e a outra tentando fechar a porta para impedir a entrada dos policiais, sem sucesso.


A equipe entrou no apartamento e o indivíduo entrou em luta corporal com os policiais evitando ser algemado, ainda com uma das mãos buscando a linha da cintura. Nesse momento, caiu de sua cintura uma pistola 9mm, Marca Phillipines. A arma estava oxidada e carregada com 13 (treze) munições intactas.

O indivíduo foi contido e algemado próximo a um quarto. Neste cômodo, ao lado da cama e no interior de uma mochila, foi localizado um revólver Taurus, calibre .38, modelo especial, carregado com 06 (seis) munições intactas e mais 03 (três) sobressalentes.

Ainda neste quarto do apartamento em questão foram localizados: 

- 01 (um) Relógio Dourado, marca Invicta;

- 01 (um) Relógio Feminino, marca Swatch;

- 01 (um) colar Dourado;

- 01 (uma) medalha dourada;

- 01 (um) iPhone 11 Pro Max;

- R$3.300,00 (três mil e trezentos reais) em espécie.


Ao ser questionado, o indivíduo disse às equipes que teve participação em alguns roubos ocorridos na região de Cotia (quadrilha do PIX). Por conta das escoriações da luta corporal com os policiais, ele foi conduzido primeiramente ao PS do Atalaia, onde foi atendido pelo médico e liberado, sendo encaminhado ao DP Central de Cotia, onde o Delegado de plantão, após tomar ciência dos fatos elaborou BOPC N° 272/22, de porte ilegal de arma de fogo, ficando as armas aprendidas, assim como o smartphone e o dinheiro. O indivíduo permaneceu preso e à disposição da Justiça.

1.046 visualizações

Comments


bottom of page