Cotia aplica dose adicional em pessoas com viagem marcada para países que não aceitam a Coronavac


Nestes casos, estão sendo utilizados imunizantes da Astrazeneca e Pfizer. É obrigatório apresentar a passagem aérea, terrestre ou portuária no dia vacinação.

A Secretaria de Saúde de Cotia começou a aplicar a dose adicional da vacina contra a Covid-19 em pessoas que tomaram as duas doses da Coronavac e estão com viagem marcada para países que não autorizam a entrada de turistas vacinados com este imunizante. Na dose adicional será utilizado o imunizante Pfizer ou Astrazeneca.

No ato da vacinação, no entanto, a pessoa deverá apresentar a emissão da passagem por transporte aéreo, terrestre ou portuário.

A vacina está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde de Cotia e para recebê-la basta comparecer ao local com documento oficial com foto e CPF e com o cartão que comprova que foi vacinado em Cotia.

Intervalo reduzido

As pessoas que tiverem viagem marcada para os países que exigem o esquema vacinal completo poderão antecipar o recebimento da segunda dose. Se a 1ª dose recebida foi da Pfizer, o intervalo para a 2ª é de 21 dias para qualquer faixa etária; se a 1ª dose foi da Astrazeneca, o intervalo para a 2ª é de 28 dias.

Foto: Arquivo Agência Brasil

23 visualizações