top of page

Cotia: Colaboradores da saúde participam de capacitação sobre Monkeypox -varíola símia


Durante toda a manhã dessa quarta-feira (17/08), dezenas de colaboradores da Secretaria de Saúde de Cotia e de cidades vizinhas participaram de uma capacitação técnica sobre Monkeypox – varíola símia. O evento foi promovido pela Vigilância Ambiental | Zoonoses de Cotia e aconteceu na Câmara Municipal.

Os participantes acompanharam palestras sobre os temas: Histórico das poxviroses; Características e filogenia dos Poxvírus; Epidemiologia e comparação com o vírus da Vaccinia; Monkeypox no primata não-humano e no homem; Poxviroses em ouriços: doença emergente e, Vigilância laboratorial monkeypox.

“Acompanhamos o número de casos em Cotia e lembramos que, quando tivemos aumento de casos de febre amarela, muita gente agredia e matava os macacos. A ideia da iniciativa, além da percepção do aumento de casos em pessoas, é passar para a população e técnicos qual é o real papel dos animais na cadeia de transmissão”, disse o coordenador das vigilâncias em saúde de Cotia, Clóvis Petroni. Em Cotia, até o dia 15 de agosto, treze casos deram positivo para a doença.

Segundo Petroni, os animais são hospedeiros acidentais do vírus, mas que não é preciso sacrificá-los. “Como no caso de humanos, basta fazer o isolamento por três semanas e a vida volta ao normal”, explicou. “A varíola símia é zoonoses de mão dupla, doença comum aos animais e seres humanos, que passa de um para o outro, por isso a importância do isolamento pelo período de três semanas dos casos confirmados”, completou.

As palestras foram ministradas por especialistas da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da USP: Lilian R. Marques de Sá, Marcos Bryan Heinemann, Alex Júnior S. de Souza, Ticiana Zwarg D. Bianchi e Adriano Abbud, do Instituto Adolfo Lutz.

A vice-prefeita e Secretária dos Direitos Humanos, Cidadania e da Mulher, Ângela Maluf, acompanhou a capacitação.

Fotos: Juliano Barbosa



22 visualizações

Commenti


bottom of page