Cotia: Empresário é sequestrado na Estrada das Pitas


Ele foi mantido em cativeiro por mais de 24h e libertado na madrugada deste domingo, no km 30 da Rodovia Raposo Tavares.


Por Fau Barbosa

Por volta das 23h30 da sexta-feira, 18, guardas civis foram acionados via Cecom para comparecer na Estrada das Pitas, próximo ao Portal da Roselândia. Ao chegarem ao local, encontraram três veículos, sendo um Fiat Toro, um Ford Ka, e um Fiat Pálio.

Uma mulher estava no local e informou que estava junto com seu patrão, quando por volta das 23h foram rendidos por indivíduos armados, que o teriam sequestrado.

A mulher, de 21 anos, foi encaminhada à delegacia, onde prestou depoimento. Foi requisitado pericia AFIS para o veículo Fiat Toro, permanecendo o local preservado pela Guarda Civil.

Nas pesquisas, o Ford Ka constou como produto de roubo conforme boletim registrado no DP de Cotia.


O sequestro

A reportagem do Portal Viva apurou que a vítima, um empresário de 30 anos, seguia com uma funcionária em sua caminhonete Fiat Toro pela Estrada das Pitas, quando por volta das 23h o veículo foi fechado por um Ford Ka preto com placas de Osasco, de onde desceram dois indivíduos, um deles armado de um revólver cinza com cabo de madeira. Os dois correram na direção do veículo para abordar o casal. Cada um teria descido de um lado, enquanto um terceiro indivíduo teria ficado dentro do Ford Ka.

A vítima reagiu dando marcha a ré no veículo e atingindo um dos ladrões, que se levantou do chão e fez um disparo de arma de fogo para o alto, intimidando o casal.

Os dois bandidos então teriam colocado uma blusa na cabeça do motorista e mandado que ele entrasse em seu veículo, permanecendo com a cabeça abaixada. Os bandidos revistaram a vítima e pegaram sua carteira, onde havia aproximadamente R$1.700 (hum mil e setecentos reais).

Os meliantes não conseguiram roubar a Fiat Toro. No momento em que um dos assaltantes tentava sair, acabou batendo em um Fiat Pálio que passava pelo local.

O motorista de outro veículo, um Gol vermelho, que passava pelo local no momento do crime, acabou sendo abordado. Os meliantes colocaram a vítima no banco de trás, onde ficou ao lado de um dos ladrões, enquanto os outros dois entraram na frente e dali fugiram, tomando rumo ignorado. A mulher e os veículos Ford Ka, Fiat Toro e Fiat Pálio foram abandonados no local.


Pedido de Resgate e Vítima libertada

A vítima foi libertada por volta das 0h da madrugada deste domingo, 20, no retorno do km 30 da Raposo, sentido SP. Minutos antes os bandidos haviam mandado que ele subisse em outro veículo, abandonando-o no local e dizendo que corresse e não olhasse para trás. O empresário ficou escondido em um estacionamento, até que seguiu a pé pela Raposo Tavares sentido Cotia, sendo resgatado por seus familiares. Por volta das 5h da manhã, a vítima esteve no DP de Cotia, onde prestou depoimento.


Segundo a Polícia, além dos três bandidos, havia um quarto indivíduo em uma motocicleta. No trajeto, os bandidos discutiam onde levariam a vítima, citando três locais possíveis usados como cativeiro e agredindo a vítima com socos e tapas. Durante o percurso, os meliantes teriam passado por um posto policial e falado sobre um radar inteligente. Em seguida pararam o carro e com o dinheiro da vítima compraram bebidas, seguindo para o cativeiro, uma casa de dois cômodos.


A vítima permaneceu no local por cerca de três horas, sendo colocado durante a madrugada em outro veículo e levado para um barraco, onde ficou até às 6h da manhã. Nesse local, um outro indivíduo desconhecido começou a perguntar sobre sua vida e sua família. Ele então foi levado a um terceiro cativeiro, onde por volta das 11h da manhã, os bandidos exigiram que ele fizesse contato com a família, pedindo que fossem depositados R$ 20.000,00 (vinte mil reais) em uma conta PIX.


Pelo menos dez criminosos participaram do sequestro e se revezavam durante o dia. Segundo informações obtidas pela reportagem, os sequestradores se autodenominavam "Quadrilha do PIX". Eles teriam ligado para um indivíduo que estava preso, que dizia em qual conta deveria ser depositado o dinheiro. Os criminosos tinham pressa, pois estariam de saidinha temporária.


Veículo encontrado

O veículo Gol foi encontrado abandonado na Estrada do Furquim, depois da entrada do campo, sentido Estrada de Caucaia. O veículo, de duas portas, era um carro de trabalho. Além de uma escada em cima, tinha uma caixa de ferramentas em seu interior.

O caso foi registrado no DP de Cotia como "Roubo (art. 157) com concurso de duas ou mais pessoas (§2o., II), mantendo a vítima em seu poder e restringindo sua liberdade (§2o., V); com violência ou ameaça exercida com emprego de arma de fogo (§2o.A, I); e Extorsão mediante sequestro (art. 159).

0 visualização