top of page

Cotia: Indivíduo é morto a tiros por desconhecidos no Pq. Alexandre

Atualizado: 4 de mai. de 2022


Crime aconteceu depois que mulher, fugindo do companheiro, pediu ajuda após ser agredida.


Policiais Militares foram acionados por volta das 1h da madrugada desta terça-feira, 3, para atender ocorrência de violência doméstica entre um casal.


Ao chegarem ao local, no Parque Alexandre, os Policiais fizeram contato com a mulher, de 19 anos, que informou que seu companheiro a havia agredido dentro de casa. Após levar socos na cabeça e puxões de cabelo, ela teria saído da residência e ido até uma vizinha, para pediu ajuda.


O indivíduo então teria ido atrás dela, e tentou invadir a casa da vizinha. A vítima então saiu correndo e subiu em um escadão que dá acesso à Rua José de Andrade, onde encontrou dois indivíduos desconhecidos, que estavam o lado de um veículo preto. A moça pediu ajuda e disse que estava sendo agredida pelo companheiro e disse que ele a estaria perseguindo até aquele local.


Os dois indivíduos, em defesa da vítima, abordaram o homem, que passou a discutir com os dois indivíduos e investiu contra eles, iniciando uma briga.

Neste momento, um deles foi até o veículo preto, pegou uma arma, e deu dois disparos contra o companheiro da vítima.


A própria vítima foi quem levou os policiais até o local onde ele estava caído, com ferimentos na região da cabeça, porém ainda com sinais vitais. Os policiais acionaram a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros, que socorreu T.C.S.F., de 26 anos, ao Hospital de Cotia. Ele, porém, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito logo após dar entrada no Hospital. A vítima contou à Polícia que presenciou os disparos, mas não conhece nenhum dos dois indivíduos. Eles teriam saído do local logo após o crime, no veículo preto.


No local, havia apenas manchas de sangue e nenhum cápsula deflagrada foi localizada. A Autoridade Policial solicitou perícia.


A vítima começou a se relacionar com o homem há oito meses e passaram a morar juntos há dois meses. Ela já havia sido agredida fisicamente há duas semanas, porém não chegou a registrar boletim de ocorrência. Segundo a Polícia, ele já tinha passagens pela polícia e já esteve preso.


O caso foi registrado em boletim de ocorrência de natureza "Homicídio" (art.21) e "Lesão Corporal" (art. 129), - Violência Doméstica § 9º - se a lesão foi praticada contra o cônjuge ou companheiro.


Atendeu a ocorrência a viatura M-33321 da Polícia Militar, Cb Gutenberg e Sd Ramaldi, com apoio da UR- 18213, Sgto. Ageu, Cb Fabio Barbosa e Cb Jéssica.



816 visualizações

Комментарии


bottom of page