Cotia inicia a segunda edição do “Acolher", com temas voltados ao Autismo

Atualizado: 27 de fev.


Nesta sexta-feira (25/02), a Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria de Saúde, em parceria com a Saúde Mental, iniciou a 2ª edição do “Acolher”. A iniciativa conta com a parceria da Unip no desenvolvimento de uma programação voltada para crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e suas famílias/responsáveis.


Para a abertura, o ‘Acolher’ apresentou uma palestra com Nadia Giaretta, da Universidade Mackenzie, especialista em Distúrbios do Neurodesenvolvimento, que foi acompanhada por mães de crianças com TEA. O encontro aconteceu no Fundo Social de Caucaia do Alto.


O ‘Acolher’ desenvolve diversas atividades que envolvem avaliação e orientação aos pais e responsáveis por crianças e adolescentes com TEA, realiza visitas domiciliares, rodas de conversa e acolhimento, além de promover palestras com especialistas em psicologia, nutrição, educação e saúde. Serão quatro encontros, sempre às sextas-feiras, além de uma programação especial que é desenvolvida exclusivamente com as crianças. O Fundo Social de Cotia apoia a iniciativa e cede o espaço para a realização das atividades.


A Secretaria de Esportes e da Juventude também está apoiando o 'Acolher' e as mães que desejarem serão encaminhadas para aulas de zumba. Além disso, todas as crianças, com idade a partir de 7 anos, que fazem acompanhamento no CAPS Infantil, poderão participar de atividades físicas oferecidas no Ginásio de Esportes, mediante liberação médica.


No primeiro encontro da nova edição estiveram presentes a coordenadora da Saúde Mental de Cotia, Soraya Moraes, a vice-prefeita e Secretária dos Direitos Humanos, Cidadania e da Mulher, Ângela Maluf, Solange Pires (gestão da saúde), entre outros.


Foto: Divulgação

19 visualizações