Cotia: Mais de 61 mil pessoas não voltaram à UBS para receber a 3ª dose da vacina contra covid-19


Dados da Secretaria de Saúde de Cotia mostram ainda que mais de 15 mil estão elegíveis para completar o esquema vacinal, mas não voltaram para receber a 2ª dose

Nesta semana, mais uma vez, a Secretaria de Saúde de Cotia alertou para o alto número de pessoas elegíveis para receber a dose de reforço (3ª dose) da vacina contra a covid-19, mas que não voltaram à Unidade Básica de Saúde (UBS) para ser imunizado. O levantamento mostra que, até esta quinta-feira (7/04), 61.383 pessoas são aguardadas para receber a 3ª dose do imunizante e aumentar a proteção contra a doença.


A vacina está sendo aplicada nas 26 UBS’s do município, de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h, não é preciso agendar. Em relação às pessoas que não completaram o esquema vacinal, ou seja, que receberam apenas uma dose da vacina, o levantamento da Secretaria mostra que 15.609 pessoas já deveriam ter tomado a 2ª dose. “Os estudos mostram que é preciso completar o esquema vacinal com pelo menos duas doses da vacina para se proteger da doença. Esta proteção aumenta quando, dentro do tempo estipulado, a população toma as doses adicionais”, destacou o secretário de Saúde, Magno Sauter.


Entre os adolescentes, de 12 a 17 anos, está o maior número de pessoas com a 2ª dose atrasada, são 6.291 jovens com o esquema vacinal incompleto, seguidos dos adultos, com idade entre 20 e 29 anos, 2.848 estão com a 2ª atrasada.


Em relação ao público elegível para receber a 3ª dose, o público de 20 a 29 anos é maioria: 17.880 já deveriam ter tomado o reforço, mas não voltaram à UBS, seguidos da faixa etária de 30 a 39 (15.747 atrasados). “Estamos vencendo a pandemia e isso ficou mais evidente com o aumento da cobertura vacinal, ao longo de 2021, quando percebemos a redução nos casos agravados. Mas ainda temos um longo caminho a percorrer, vacinando com todas as doses preconizadas a população elegível”, destacou Sauter.

23 visualizações