Cotia: Polícia Ambiental flagra loteamento irregular e apreende máquinas e caminhão


Área já havia sido alvo de fiscalização em data anterior.

Neste sábado(20), policiais militares ambientais se dirigiram à Estrada das Figueiras, no bairro da Ressaca, em Cotia, para averiguar denúncia de movimentação de terra

Ao chegarem ao local, os policiais visualizaram o lançamento de pedriscos caracterizando ruas de acesso a partes distintas do imóvel, com medidas aproximadas de 4,2ha. Segundo os policiais, o trecho onde foram feitas as movimentações mede cerca de 2,5ha - área, a princípio desprovida de vegetação nativa significante.


“In loco” foi constatado a presença de 03(três) máquinas e 01(um) caminhão realizando serviços de benfeitoria no local. O local permaneceu sendo preservado pela equipe até a chegada da viatura da perícia.

Diante das informações, a ocorrência foi apresentada no DP de Cotia, onde o delegado Dr. Marco Gameiro, elaborou o Boletim de Ocorrência e o Auto de Exibição e Apreensão das máquinas e caminhão, os quais foram guinchados ao Pátio de remoção de Cotia, no km 27 da Rodovia Raposo Tavares.


Segundo os policiais, a área já havia sido alvo de fiscalização por parte da Polícia Militar Ambiental em data anterior - conforme BOPC 102/20 “ Atividade potencialmente poluidora” e 111/20 “Loteamento irregular” pela DICMA Barueri. "As máquinas foram apreendidas impossibilitando a continuidade. Está em curso a investigação para instauração de inquérito e encaminhamento ao MP, para responsabilização dos envolvidos, com o objetivo de evitar que os terrenos sejam vendidos de forma ilegal e os compradores sejam vítimas de estelionato", disse o comandante do 3° Pelotão de Polícia Ambiental, Tenente Gollis.


Atenderam a ocorrência as viaturas da Polícia Ambiental, A-01201, Cb Bastos e Sd Pamela e A-01266, Cb Guerreiro e Sd Ribeiro com apoio da viatura S-1124 da perícia, Perito Cauê Abreu, fotógrafo Leonard Crawfor.