Cotia: Quarta-feira (2/06) tem vacinação contra Covid para trabalhadores da saúde


Por conta da feira noturna, não será possível montar a estrutura do drive-thru, portanto, todos deverão acessar o polo de vacinação a pé.

A Secretaria de Saúde abriu agendamento para a vacinação contra a Covid-19 para trabalhadores da saúde com idade a partir de 18 anos que tenham vínculo ativo (trabalhando no momento) com algum serviço de saúde. A vacinação será no dia 2 de junho (quarta-feira) no polo de Cotia (em frente à Prefeitura), das 12h30 às 14h. Por conta da feira noturna, funcionará apenas o sistema pedestre e o acesso ao local deverá ser feito a pé.


O agendamento é obrigatório em https://cotia.sp.gov.br/agendamento-covid/. Quem não tem acesso à internet pode entrar em contato via central de agendamento pelos números 4614-1105, 4616-0378, 4616-5203 e 4614-5176, das 9h às 16h (dias úteis).


O trabalhador da saúde só será vacinado em Cotia se morar ou trabalhar no município. No momento da triagem será retida uma cópia da comprovação de trabalho, portanto, será obrigatório apresentar original e uma cópia deste comprovante. Todos também deverão levar documento com foto e CPF, além do comprovante do agendamento. No dia da vacinação, todos deverão estar de máscara.


Veja abaixo quais trabalhadores de saúde estão sendo atendidos, neste momento, pela campanha de imunização contra a Covid-19.

Vacinação Covid19 – 1ª dose

Dia 2/06 (quarta-feira) – Trabalhadores da Saúde 18+

Polo Cotia (em frente à Prefeitura)

Horário: das 12h às 14h

*Apenas sistema pedestre

Trabalhadores da Saúde que estão sendo vacinados

De acordo com o Documento Técnico da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 (10ª atualização), do Governo do Estado, trabalhadores dos serviços de saúde são todos aqueles que atuam (vínculo ativo – trabalhando no momento) em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. Compreende tanto os profissionais da saúde (ex. médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares), quanto os trabalhadores de apoio (ex. recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros), ou seja, todos aqueles que trabalham nos serviços de saúde. Inclui-se ainda aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (ex. cuidadores de idosos, doulas/parteiras), bem como funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados.


A vacina também será ofertada para acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios. Nessa estratégia será solicitado documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com o serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde.


Os cuidadores de idosos são aquelas pessoas que se enquadram na “ocupação de cuidador que integra a Classificação Brasileira de Ocupações – CBO sob o código 5162”, que define o cuidador como alguém que “cuida a partir dos objetivos estabelecidos por instituições especializadas ou responsáveis diretos, zelando pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal, educação, cultura, recreação e lazer da pessoa assistida.

Nessa fase da campanha não estão incluídos: trabalhadores de academia, indústria farmacêutica e professores de educação física.

19 visualizações