top of page

Cotia realiza a primeira consulta pública sobre pessoas com deficiência e mobilidade reduzida


Consulta será on-line e ajudará na implantação de programas, políticas públicas, ações e serviços para este público

Até o dia 26 de fevereiro está aberta a primeira consulta pública sobre pessoas com deficiência e com mobilidade reduzida do município de Cotia. O mapeamento está sendo feito pelo Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (CMDDPcD) com o apoio da Secretaria dos Direitos Humanos, Cidadania e da Mulher. O objetivo é levantar quem são, onde estão e quais as principais demandas da população com deficiência no município, a fim de implantar programas, ações e serviços para este público. A consulta está sendo feita por meio do formulário eletrônico disponível em https://shre.ink/CMDDPcD.

O formulário contém 20 perguntas que poderão ser respondidas pela própria pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida, ou por um responsável. “Fazer um diagnóstico sobre as pessoas com deficiência do nosso município será muito importante, porque assim, o CMDDPcD terá uma direção para pensar em ações mais assertivas e na construção de políticas públicas cada vez mais inclusivas visando a melhoria da qualidade de vida para todos”, disse Sônia Esplendor, presidente do Conselho.

A titular da Secretaria dos Direitos Humanos, Cidadania e Mulher, a vice-prefeita Ângela Maluf, também é vice-presidente do CMDDPcD e falou da importância deste mapeamento. "Essa consulta pública viabilizará o atendimento de todas as demandas das pessoas com deficiência do município. Nós temos que entender quem são, onde estão e como estão estas pessoas para trabalhar coletivamente da melhor forma. Esta é a nossa proposta no Conselho para atender assertivamente a todos de uma forma coletiva e democrática”, destacou.

Para responder o questionário são necessários poucos minutos e as perguntas são simples e objetivas, como: qual é a deficiência, quais serviços públicos utiliza, quais as principais dificuldades, como o Conselho pode ajudar, entre outras. A realização da consulta pública foi deliberada durante a II Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, evento bienal que aconteceu no fim de 2021. Os dados levantados na consulta serão tratados de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/2018).

Serviço

Consulta Pública – Pessoas com Deficiência ou Mobilidade Reduzida

De 26 de janeiro a 26 de fevereiro de 2023

Formulário on-line: https://shre.ink/CMDDPcD

23 visualizações

Comments


bottom of page