Cotia: Secretaria de Saúde alerta para risco de acidente com animais peçonhentos


Ocorrências aumentam 40% nos meses mais quentes do ano (dezembro a março), período que coincide com férias escolares e mais presença de pessoas em chácaras, fazendas, trilhas e etc.

A Secretaria de Saúde de Cotia alerta a população sobre os riscos de acidentes com animais peçonhentos neste período do ano. O reforço no alerta foi solicitado pelo Ministério da Saúde uma vez que este tipo de ocorrência é mais frequente nos meses em que predomina a alta temperatura (entre os meses de dezembro e março) – período que coincide com férias escolares e com mais presença de pessoas em chácaras, sítios, fazendas, trilhas e etc. O aumento nas ocorrências, em relação aos demais meses do ano, é de 40%.


De acordo com a Secretaria de Saúde, foram registrados cinco acidentes com animais peçonhentos/escorpiões em Cotia de janeiro a novembro deste ano. A região de Caucaia do Alto lidera em número de ocorrências, seguida da Granja Viana.

“A nossa referência em atendimento para este tipo de acidente é o Hospital Regional de Cotia. A orientação é para que a vítima seja encaminhada para atendimento médico o mais rápido possível e, havendo possibilidade, que o animal também seja levado em vidro com tampa, mas claro, desde que haja segurança para fazer esta captura. Manipular um escorpião incorretamente pode causar outro acidente”, disse Ana Marina Lino, veterinária e coordenadora do Setor de Zoonoses. “Jamais tente pegar com as mãos desprotegidas. O ideal é usar uma pinça grande ou outro objeto que bloqueie o contato direto com o animal”, destacou.


Percebendo a presença de escorpiões, o cidadão pode entrar em contato com o Setor de Zoonoses pelo e-mail (zoonosescotia@gmail.com). O animal será enviado para o Instituto Butantan para identificação do exemplar. Esta identificação é importante para fazer o mapeamento da prevalência daquela espécie em determinada região, além disso, também é utilizado na produção de soro antiescorpiônico e em pesquisas científicas.

Durante as buscas ativas, realizadas pelo Setor de Zoonoses, foram removidos 299 exemplares de escorpiões em Cotia. “Temos maior prevalência do escorpião amarelo, o T. Serrulatus na cidade”, disse Ana Marina.

Como eliminar atrativos para escorpiões

  • Bloqueie ralos com telas

  • Vede as portas com rodo de vedação

  • Bloqueia as tomadas com protetores

  • Elimine frestas em paredes e chão

  • Elimine lixos e restos de entulhos de obras

  • Mantenha o quintal limpo

  • Conserve os ambientes limpos e livre de baratas (alimento dos escorpiões)

  • Examine roupas e calçados antes de usar

  • Realize poda de arbustos e trepadeiras em muros e paredes da casa, para evitar esconderijo de escorpião

  • Instale telas em aberturas de ventilação, de porões, por exemplo

  • Não faça a queimada em terrenos baldios, pois desaloja os escorpiões e eles correm para casas

Unidades de referência em atendimento de acidentes com animais peçonhentos

  • Confira a relação de unidades de saúde em todo o Estado de São Paulo que contam com soros antiveneno, antiescorpiônico, antiofídico, entre outros, no link https://url.gratis/aM750O.

  • Ou pelo QR Code:















Foto: Divulgação EBC


25 visualizações

Posts recentes

Ver tudo