Crime em Cotia: Polícia Militar prende autor de latrocínio no Jd. Belizário

Por Fau Barbosa

Filho esfaqueou pai e mãe e roubou dinheiro das vítimas. O pai morreu no local e a mãe foi socorrida com vida ao Hospital de Cotia.

A Polícia Militar prendeu no início da madrugada desta quarta-feira, 5, o indivíduo D.A.R.O., de 31 anos, autor de latrocínio contra os próprios pais, ocorrido 24 horas antes, no Jardim Belizário, em Cotia.


A prisão aconteceu por volta das 00h30, quando os policiais militares fazia patrulhamento ininterrupto, devido à gravidade do crime e da repercussão que causou na população após o próprio filho ter matado o pai e atentado contra a vida da mãe. Houve uma intensificação de patrulha pelo bairro onde ocorreram os fatos, já que havia indícios de que o indivíduo poderia estar nas proximidades.


Por volta das 23h10, foi avistado um veículo Vectra vinho, onde um dos indivíduos tinha a aparência do suspeito. O veículo foi parado e seus passageiros abordados, sendo confirmado que um dos passageiros seria o criminoso. Ao serem abordados, ele teria informado aos policiais que estavam rodando de carro procurando um bar aberto para comprar bebida alcoólica.


Nada de ilícito foi encontrado com os ocupantes do veículo. Ao ser questionado sobre o crime, D.A.R.O. deu algumas informações controversas, porém confirmou que esteve no local dos fatos. Ele foi preso e encaminhado ao DP de Cotia, onde a autoridade policial determinou a Prisão em Flagrante, representada pela conversão em Prisão Preventiva, sendo o indivíduo conduzido à Cadeia Pública.


Atendeu a ocorrência a viatura da Polícia Militar M-33306, Sgto. Buava e Sd Arruda, com apoio das viaturas M-33303, Sd Vicente e Sd Guerra; M-33307, Sd R Santos e Sd Coelho; e M-33301, Cb Donizete e Sd Dantas.


O Crime

Segundo depoimento de uma testemunha, na noite do crime, por volta das 00h30, ela estava na sua residência quando então ouviu pedidos de socorro de sua tia, que é vizinha, e foi ver o que estava acontecendo. Foi quando viu o primo saindo da residência das vítimas, trancando a porta. Sua tia teria quebrado o vidro da porta pedindo socorro. O sobrinho foi até a casa da tia e ajudou forçando a porta e pedindo ajuda a vizinhos. A tia teria dito “o D. está me matando”, e disse achar que o marido estava morto.


A Guarda Civil foi acionada via Cecom para atender ocorrência de vítima de esfaqueamento. Foi acionado o SAMU, porém a viatura teve falhas mecânicas durante o trajeto. A Unidade do Corpo de Bombeiros UR-18213 constatou o óbito do pai e socorreu a mãe ao Hospital de Cotia, onde permanece internada.

A Polícia Civil também ouviu a vítima informalmente no hospital. Ela teria contado que estava dormindo, quando acordou com um barulho e seu marido falando "pára D., pára, por favor pára, chega". Seu marido foi até o quarto, que estava escuro, e ela, quando foi se levantar para ver o que estava acontecendo, o filho já partiu pra cima, esfaqueando-a com golpes na nuca, no pescoço, na cabeça, na face e nas mãos. A mãe tentou se defender, quando acha que ele lhe desferiu um golpe martelo na cabeça. Ela caiu e fingiu desmaio. Ele então pegou a bolsa dela, roubando R$200,00 (duzentos reais), seu telefone Iphone e R$400,00 (quatrocentos reais) pertencente ao pai, que estava caído desfalecido na cama.


Segundo a mãe, o filho já teria roubado outras vezes. Ele é usuário de drogas e já esteve internado para tratamento.


Foi solicitada perícia no local e instaurado Inquérito Policial.