Cultura: MIS, CCBB, Bibliotecas e Paço das Artes reabrem em SP a partir desta sexta-feira


Exposição de John Lennon é destaque na programação do MIS

O Museu da Imagem e do Som (MIS), as bibliotecas do Parque Villa-Lobos e do Parque da Juventude, o Museu da Casa Brasileira, o Museu de Arte Sacra de São Paulo e o Paço das Artes reabrem para o público a partir desta sexta-feira (16).

O MIS traz uma exposição sobre John Lennon. A reabertura de museus e espaços culturais foi permitida pela prefeitura na última sexta-feira (9), após a capital paulista avançar à fase verde do plano de flexibilização econômica estadual. O uso de máscara é obrigatório para funcionários e visitantes e os locais podem funcionar com 60% da capacidade máxima.

Veja os horários de funcionamento dos museus reabertos a partir desta sexta:

Biblioteca Parque Villa-Lobos Horário de funcionamento: das 11h às 15h www.bvl.org.br


Biblioteca de São Paulo Horário de funcionamento: das 11h às 15h www.bsp.org.br


Museu da Casa Brasileira Horário de funcionamento: das 11h às 15h www.mcb.org.br


MIS – Museu da Imagem e do Som Horário de Funcionamento: das 11h às 17h www.mis-sp.org.br


Museu de Arte Sacra de São Paulo Quando reabre: 16 de outubro Horário de funcionamento: das 10h às 16h www.museuartesacra.org.br


Paço das Artes Horário de funcionamento: das 12h às 18h www.pacodasartes.org.br;


Centro Cultural do Banco do Brasil Horário de funcionamento: quarta a segunda-feira, das 9h às 17h https://www.eventim.com.br/artist/egito-antigo/


Próximas reaberturas Entre as instituições que retomam o atendimento presencial ao público a partir dos próximos dias estão: Oficinas Culturais, Fábricas de Cultura, Museu Afro Brasil, Museu Catavento, Museu da Imigração, Theatro São Pedro. (Confira a agenda abaixo). Veja as datas de reaberturas dos museus

EMESP Tom Jobim Quando reabre: 19 de outubro www.emesp.org.br


Oficinas Culturais Quando reabre: 19 de outubro www.oficinasculturais.org.br


Fábricas de Cultura Quando reabre: 20 de outubro www.fabricasdecultura.sp.gov.br


Museu Afro Brasil Quando reabre: 20 de outubro Horário de funcionamento: das 11h às 17 www.museuafrobrasil.org.br


Museu Catavento Quando reabre: 21 de outubro Horário de funcionamento: das 10h às 16h www.cataventocultural.org.br


Museu da Imigração Quando reabre: 22 de outubro Horário de funcionamento: das 11h às 17h www.museudaimigracao.org.br


Theatro São Pedro Quando Reabre: 1º de novembro Horário de funcionamento: às 17h www.theatrosaopedro.org.br


Normas para reabertura de museus, exposições e galerias

Submeter todos os ambientes a um intenso processo de desinfecção prévia;

  • Todos os funcionários que apresentarem sintoma de síndrome gripal devem ser afastados;

  • Todos os visitantes deverão sujeitar-se a medição de temperatura;

  • Dar preferência a vendas online, remotas ou outros mecanismos de atendimento não presencial;

  • Não permitir aglomerações em nenhuma hipótese;

  • Visitas em grupo deverão ser limitadas a 10 pessoas respeitando as regras de distanciamento;

  • Caso formem-se filas do lado de fora do estabelecimento, responsabilizar-se por sua organização;

  • A montagem das exposições será feita de forma escalonada sempre que possível, evitando-se contato entre diferentes equipes. Normas para reabertura das bibliotecas

  • Todos os usuários deverão ter a temperatura aferida;

  • Será dada preferência ao atendimento online, ocorrendo o presencial apenas quando o primeiro não for possível;

  • Deve ser evitada a divulgação e a realização de eventos;

  • É recomendado o estabelecimento de horários de visitação específicos para grupos de risco;

  • Recomenda-se separar em um local de fácil acesso os materiais de maior circulação para evitar aglomerações;

  • A ocupação do espaço da biblioteca deve se limitar a 60% da sua capacidade máxima;

  • A visita aos acervos deve ser realizada, preferencialmente, de forma individual e os visitantes sempre deverão ser orientados a utilizar álcool gel;

  • Nas salas de estudo, deverão ser ofertadas menos cadeiras, de modo a garantir que os usuários poderão sentar-se a 1,5 m de distância. Cadeiras de mesas diferentes terão o distanciamento mínimo de 1 m;

  • Dar preferência para fichas eletrônicas, que não demandem contato entre o colaborador e o visitante;

  • A conferência de ingressos deverá ser visual ou através de leitores óticos, sem contato manual por parte do atendente;

  • A devolução dos empréstimos deve ser encaminhada diretamente à área de quarentena pré-determinada por 48h e durante a devolução o contato entre usuário e funcionário deve ser evitado ao máximo.

Com informações do G1