Dia Internacional dos Povos Indígenas tem programação online e gratuita


Museu Índia Vanuíre realiza comemorações e contará com atividades educativas e socioculturais

O Museu Índia Vanuíre, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela ACAM Portinari, realiza, de 9 a 13 de agosto, a 10ª Semana Tupã em Comemoração ao Dia Internacional dos Povos Indígenas – edição virtual, com depoimentos e oficinas ministradas pelos indígenas do Oeste Paulista.


Para dar início à celebração, na próxima segunda-feira (9), às 12h, pelas mídias sociais, Euza Lipu, Terena e moradora da Aldeia Ekeruá, da Terra Indígena Araribá, apresentará uma oficina sobre a culinária típica de seu povo.


O ritual do povo Terena também será destaque na programação da Semana Tupã. Na terça-feira (10), às 12h, Martha Pio, da Aldeia Ekeruá, da Terra Indígena Araribá, compartilhará a sua narrativa sobre o significado de um dos rituais Terena e a importância dele para o fortalecimento da cultura.


Dando continuidade às comemorações, na quarta-feira (11), Claudete de Camilo realizará uma oficina de cântico tradicional Terena, às 12h.


Já na quinta-feira (12), às 12h, o Cacique Jazone de Camilo, da Aldeia Ekeruá, da Terra Índígena Araribá, falará sobre suas experiências como líder.


E para encerrar a programação da semana, na sexta-feira (13), Analu Lipu dará seu depoimento sobre a dança e a importância dessa manifestação cultural do povo Terena, da Aldeia Ekeruá.


Segundo Tamimi Borsatto, gerente da instituição, “O objetivo da programação é aproveitar o 9 de agosto – Dia Internacional dos Povos Indígenas -, para ampliar reflexões sobre as questões indígenas na atualidade. A agenda é uma oportunidade de conhecimento, a fim de desconstruir ideias errôneas e limitadas sobre os povos indígenas da região”.


Vale lembrar que o museu está aberto à visitação presencial, de terça-feira a domingo, das 9h às 17h. A medida acontece pela inserção do Estado de São Paulo na fase de transição do Plano SP, que possibilita o retorno seguro e gradativo das atividades presenciais, com 80% da capacidade de ocupação, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária para seus funcionários e visitantes.


Como forma de continuar a disseminar a cultura, as ações educativas da instituição e também o tour virtual permanecem de forma on-line pelas redes sociais e site (@museuindiavanuire e www.museuindiavanuire.org.br/culturaemcasa)

17 visualizações