top of page

Durante perseguição, indivíduos trocam tiros com a GCM de Embu e são presos em flagrante


Ocorrência aconteceu em uma estrada de terra, no Caputera.


Fau Barbosa

Na noite deste domingo, 10, por volta das 19h, Guardas Civis da Romu de Embu das Artes foram até o bairro do Caputera para entregar um documento para uma pessoa envolvida em uma ocorrência anterior.


Ao retornarem, se deparam com um veículo Fiat Pálio com três indivíduos. O ocupante do banco do passageiro, ao notar a presença da viatura, se abaixou e em seguida subiu o vidro do veículo, o que gerou a suspeita. Os guardas tentaram a abordagem, com a emissão de sinais sonoros e luminosos, porém o motorista empreendeu fuga sendo o veículo perseguido pela guarnição.


Os ocupantes do veículo trafegavam por diversas ruas de terra, dificultado a aproximação e a visibilidade, até que colidiram com um muro. Neste momento, um indivíduo desceu do veículo e efetuou alguns disparos em direção aos guardas que, de imediato revidaram.

Em seguida, os indivíduos voltaram a fugir e em alguns momentos os guardas chegaram a perdê-los de vista, por causa da poeira da estrada de terra. Até que finalmente pararam a frente a uma residência, momento em que foram abordados.


No momento da abordagem haviam apenas dois passageiros no veículo, o que levou a crer que, após efetuar os disparos, um dos ocupantes tenha se aproveitado da poeira da estrada de terra para descer do veículo sem ser notado. Em busca veicular não foi encontrada a arma de fogo. Notou-se ainda que um dos ocupantes do veículo estava com a mão machucada, aparentemente devido a um disparo de arma de fogo, contudo como a inspeção visual não revelou qualquer orifício de entrada no veículo acredita-se que o tiro possa ter ocorrido acidentalmente dentro do próprio veículo. Ele foi socorrido ao PS de Embu das Artes, onde passou pelo médico sendo liberado e encaminhado ao DP de Cotia.

Os indivíduos disseram à polícia que teriam acabado de sair de um posto de gasolina quando um veículo bateu na traseira do Pálio e fugiu. O motorista começou a perseguir o veículo para anotar sua placa, quando cruzaram com uma viatura da Romu. Os guardas deram voz de parada mas eles não obedeceram. Por estarem correndo e com o veículo registrado em nome de terceiros, ficaram com receio de perder o carro e decidiram fugir, parando apenas em frente a sua casa, quando foram abordados. Indagados negaram que houvesse outros ocupantes no veículo ou que qualquer deles estivesse portando arma de fogo.


A Autoridade Policial solicitou perícia para determinar a dinâmica dos fatos e cujos laudos irão esclarecer a origem do disparo que atingiu a mão de um dos indiciados.


Foi determinado o registro de boletim de ocorrência de natureza "Flagrante de Homicídio tentado" (art.121), ficando os dois indivíduos presos e à disposição da Justiça.


Atendeu a ocorrência a viatura de Romu 27, GC´s Franklin, Sidiney, Monteiro e Campos.

105 visualizações

Comments


bottom of page