EMTU/SP: Terminal Cotia recebe exposição com materiais recicláveis sobre a valorização da vida


Mostra do artista Roberto Otaviano estará disponível até 29/10 e visa estimular a busca pela redenção e pelo sentido da vida dentro da sociedade

A partir desta segunda-feira (5), passageiros do Terminal Metropolitano de Cotia, poderão apreciar a exposição "Retratos da Crueldade Humana", do artista plástico Roberto Otaviano, parceria com a EMTU/SP que será exibida até o dia 29/10. "Quero mostrar que o pior da espécie humana pode se transformar em redenção e resgatar a autoestima dos indivíduos", destaca o artista. Por meio de instalações repletas de materiais recicláveis, Roberto critica a má qualidade de educação, a desigualdade na distribuição de renda e a falta de oportunidades, tentando levar uma nova perspectiva às vítimas e transformar pensamentos negativos e receios em superações e bem-estar. O pernambucano Roberto Otaviano define-se como um artista que utiliza suas obras para instigar a reflexão sobre o que as pessoas fazem com o próximo e consigo mesmo. Valorização à vida - A Organização Mundial de Saúde (OMS) considera a depressão o mal do século. Mais de 300 milhões de pessoas sofrem com depressão no mundo e, anualmente, mais de 800 mil morrem por suicídio como consequência dessa doença. No Brasil, estima-se que 12 milhões de pessoas convivem com depressão, o que representa 5,6% da população do país.


Serviço

Exposição: Exposição Retratos da Crueldade Humana

Data: 05/10 a 29/10

Local: Terminal Metropolitano Cotia

Endereço: R. Lavapés - Vila São Francisco de Assis, Cotia - SP