top of page

Equipe de Romu recupera cestas de Natal e de alimentos roubadas na região


Três vítimas foram abordadas pelos bandidos quando iam fazer as entregas.


Fau Barbosa

Guardas Civis de Romu localizaram nesta quarta-feira, 30, uma carga roubada de três vítimas diferentes nos últimos três dias. A carga, contendo várias cestas de Natal e outros 300 kg de alimentos e produtos diversos, foi localizada em uma residência na Estrada da Capelinha, em Caucaia do Alto.

O Roubo

Pela manhã, por volta de 08h15, um motorista e seu ajudante seguiam em um caminhão Iveco Daily pela Estrada Manoel Lages do Chão com destino a Barueri e Osasco, para realizar a primeira entrega da carga de cestas de natal, de um total de 286 cestas.


Em uma curva, o veículo foi ultrapassado por um furgão Renault Master branco, que acabou "batendo" na sua traseira deste veículo. Dois indivíduos desembarcaram do furgão e um terceiro indivíduo ficou dentro do veículo. As vítimas foram abordadas e dominadas com uma arma de fogo. O motorista ficou rendido dentro de seu próprio veículo e o ajudante foi levado para o furgão. Os bandidos então seguiram em direção à Caucaia do Alto, onde pararam os veículos em um local ermo, levando as vítimas para dentro de um matagal. Ali elas permaneceram sendo vigiadas por um dos ladrões por aproximadamente uma hora e meia.


Depois disso, um dos bandidos voltou com o caminhão Iveco, porém vazio, e mandou que as vítimas entrassem no veículo e "saíssem fora". Os celulares das vítimas também foram levados pelos ladrões. O motorista dirigiu até a sede da empresa, em Cotia, onde apanhou as notas fiscais da carga e foi até a delegacia registrar o boletim de ocorrência, onde a Autoridade Policial solicitou perícia Afis no veículo.


Carga localizada

Por volta das 11h50, Guardas municipais de Romu que faziam patrulhamento de rotina foram informados via rádio a respeito de um roubo de carga ocorrido pela manhã, onde os criminosos haviam levado o veículo Iveco e uma carga de 286 cestas básicas, avaliada em R$45 mil reais.


A partir daí, intensificaram as buscas priorizando a vigilância das vias por onde os criminosos teriam mais chances de fugir. Quando estavam pela Rua José de Araújo Inácio, antiga Estrada da Capelinha, os guardas se depararam com um rapaz caminhando, que ao perceber a aproximação da viatura, demonstrou nervosismo e repentinamente mudou o sentido de direção. A equipe desembarcou da viatura para ir de encontro a ele, inicialmente para perguntar se ele havia visto algum veículo de carga passar por aquela região. Em um imóvel em frente, através do portão e do muro que tinha um vidro translúcido, os guardas verificaram que haviam muitas caixas de cestas básicas.


O indivíduo portava dois aparelhos celulares e tinha nas mãos um controle eletrônico utilizado para abrir portões. Ele declarou não ter visto nenhum veículo de carga passar na região, contudo ao ser perguntado a respeito do controle que segurava, ele primeiro disse que este não funcionava, depois que era da casa de sua mãe e finalmente, ao pedirem para que apertasse o botão, verificaram que uma pequena luz vermelha acendeu indicando que o controle estava funcionando.


Os guardas voltaram a questioná-lo, e ele disse que morava em uma casa na mesma rua. Ao acionar o controle, próximo a casa suspeita, o portão se abriu e os guardas viram que havia grande quantidade de caixas de cestas básicas. O indivíduo admitiu que havia alugado a garagem para pessoa desconhecidas e que um indivíduo havia descarregado aquela carga há poucas horas.

Os guardas entraram na residência, onde não havia ninguém. Na garagem estava um veículo Renault Master, cuja placa era fria e a placa original constava queixa de roubo no DP de São Roque.

O indivíduo, de 45 anos, foi algemado e encaminhado ao DP de Cotia, onde a Autoridade Policial tomou ciência dos fatos e solicitou perícia na residência.


Outras vítimas

O motorista do veículo Renault Master localizado também havia sido rendido no dia anterior (dia 29), por volta das 06h45, quando transportava diversas cestas de Natal pela Rodovia Raposo Tavares. Na altura do km 49, foi fechado por um veículo VW UP chumbo, sendo obrigado a parar. Dois indivíduos portando revólver entraram no seu veículo e anunciaram o roubo. O motorista foi obrigado a continuar dirigindo, onde fez o retorno e voltou até a entrada do bairro Caetê. Ali mandaram que ele entrasse no banco de trás do veiculo VW UP com a cabeça baixa enquanto os indivíduos assumiram a direção do seu veículo. Segundo a vítima, no UP haviam dois indivíduos (o motorista e outro individuo no banco de trás).


Os indivíduos seguiram por uma estrada de terra por uns dois minutos e em seguida um deles desceu para abrir um portão, onde os dois veículos entraram. Um dos indivíduos ainda falou alto "Cesta de Natal pra todo mundo".


O motorista saiu com o veiculo VW UP dali juntamente com a vítima no banco de trás e o outro meliante, e seguiram por cerca de um minuto onde bem perto dali pararam o veículo e pediram que a vitima descesse do carro com a camiseta na cabeça e sem olhar para trás. A vítima desceu do carro e seguiu caminhando pela estrada de terra a uns 200 metros da rodovia, quando pediu auxilio para uma pessoa que passava e que o levou até o DP de Vargem Grande Paulista. Segundo a vítima, pelo menos cinco indivíduos participaram do roubo. Foram roubadas 197 cestas de natal avaliadas em R$ 20.719,47 reais.


Um dia antes (dia 28), por volta das 05h10, outro motorista que seguia pela Rodovia Raposo Tavares, quando seu veículo foi fechado por um VW UP. Dois indivíduos desceram, um deles armado, e abriram a porta do veículo da vítima e mandaram que entrasse no banco de trás do veículo deles, onde foi vendado. Andaram durante mais ou menos 50 minutos e depois pararam, durante uns 20 minutos. Depois andaram novamente durante uns 10 minutos e mandaram a vítima descer, tirando a sua venda e lhe entregando seu veículo vazio, sem a carga de 300 kg de alimentos diversos, avaliada em R$18.971,66.

Fiança

Na delegacia, o indivíduo preso pela Guarda Civil contou à Polícia que alugou o imóvel para morar, porém estava em dificuldades financeiras e resolveu sublocar a garagem para uma pessoa que conheceu em um bar e que se apresentou como empresário, e que precisava de um espaço temporário para armazenar alguns produtos e mercadorias promocionais que distribuiria para clientes e colaboradores. O indivíduo então consentiu no aluguel e o desconhecido informou que seus colaboradores iriam cuidar dos demais detalhes.


No DP, ele não foi reconhecido pelas três vítimas, que disseram que os ladrões eram bem mais jovens.


O veículo Renault Master foi entregue ao seu proprietário. As cestas básicas e de Natal foram entregues ao representante da empresa. Os demais produtos localizados na residência foram conduzidos ao 1º DP de Caucaia do Alto e apreendidos.


O delegado Dr. Marcos Loreto, arbitrou fiança no valor de dois salários mínimos, a qual foi paga pelo advogado do indivíduo, que responderá em liberdade pelo crime de Receptação (art.180).


Atendeu a ocorrência a viatura de ROMU 34, com apoio da ROMU 033 COP 4 e ROMU 032 e ROMU Motos e da viatura da Perícia S-1385.


395 visualizações

Comentários


bottom of page