top of page

Ex-vereador de Jandira é morto a tiros


O ex-vereador de Jandira, conhecido como Zezinho do PT, foi morto a tiros no final da tarde desta sexta-feira (28), no bairro Jardim Gabriela.


Reginaldo Camilo dos Santos, de 51 anos, foi vereador em Jandira por três mandatos. Na última eleição, o ex-vereador saiu candidato a Deputado Federal, porém não se elegeu.


O Crime

Por volta das 17h30 Guardas Civis foram acionados por populares, que informaram que na Rua Francisco Thomas da Silva havia uma pessoa caída ao solo com marcas de sangue.

Ao chegarem ao local, os guardas visualizaram o ex-vereador caído entre a calçada e a rua, com ferimentos de tiros e já sem sinais vitais. Foram acionados o Samu e o Resgate do Corpo de Bombeiros. A médica do Samu constatou o óbito no local.

Testemunhas disseram à Polícia que Zezinho voltava para casa quando um veículo se aproximou e o motorista fez os disparos à queima roupa. Segundo informações, o ex-vereador foi atingido por quatro tiros. Não se sabe ainda a motivação do crime, porém a polícia não descarta nenhuma hipótese. A suspeita inicial seria de vingança política, motivada por denúncias recentes feitas pelo ex-vereador sobre um suposto esquema de corrupção na Prefeitura de Jandira.


O caso foi registrado no DP de Jandira. A investigação deve ficar a cargo do setor de homicídios, da Seccional de Carapicuíba.


Assassinatos em Jandira Jandira ficou conhecida pela violência na política. Em 2010, o prefeito Braz Paschoalin (PSDB), foi executado com 15 disparos, ao sair de um programa de rádio. No mesmo ano, dois vereadores foram mortos.


Em sua rede social, o prefeito de Jandira, Dr. Sato se manifestou sobre a morte de Zezinho.

"Com muita tristeza recebi a notícia da morte do ex-vereador Zézinho. Fomos vereadores juntos entre 2005 e 2008, quando aprendi a respeitá-lo. Estivemos juntos em algumas lutas políticas e fomos adversários em outras, mas sempre com respeito. Como prefeito, me entristece ainda mais, pois foi um ato violento em nossa cidade, que, principalmente, abala a estrutura de uma família, mas também afeta a imagem da cidade. Como médico, sempre trabalhei para salvar vidas, e como ser-humano acho inadmissível alguém tirar a vida de outra pessoa, seja por qual motivo for.

Que a justiça seja ímpar para tomar as devidas providências o mais breve possível.

Aos familiares e ao meu amigo Betera, vereador da nossa cidade e irmão do Zézinho, meus sinceros sentimentos, que Deus conforte os seus corações."


Fotos: Redes Sociais


151 visualizações

Comments


bottom of page