Feminicídio em Cotia: Mulher é morta no Mirizola


Moça de 25 anos estava com o filho de seis anos quando foi esfaqueada pelo namorado.

Por volta das 23h30 desta terça-feira, 7 de setembro, policiais militares foram acionados para se deslocarem à Rua Vicente Strifezi, no Pq. Miguel Mirizola, em Cotia, para atender uma ocorrência de agressão com arma branca (faca).


Lá chegando, os policiais verificaram que a equipe do Samu já se encontrava no local e os socorristas já haviam constatado o óbito da vítima do sexo feminino. A moça, A.C.S., de 25 anos, estava caída na calçada da via pública, na posição decúbito dorsal, apresentando perfurações da região do abdómen, que teriam sido produzidas por golpes de faca. No local, estava uma amiga da vítima, que estava presente no momento do crime e testemunhou todo o ocorrido.


Ao tomar conhecimento dos fatos, o Delegado do DP de Cotia, em companhia do Investigador de Polícia plantonista, se dirigiu até o local, onde acompanhou a realização dos trabalhos periciais.


O crime

Na delegacia, foi colhido o depoimento da amiga da vítima, que estava no local e confirmou ter presenciado o ocorrido, apontando o namorado da vítima, como o autor do feminicídio.


A amiga informou que passou o dia todo em companhia da vítima e que a vítima e o

autor vieram a se encontrar apenas no final do dia, já que ele teria passado o

feriado na praia. A vítima estava em sua casa até por volta das 19h30, quando o namorado chegou ao local. Neste momento ela e a amiga entraram no carro dele juntamente com seus respectivos filhos, ambos com 06 anos de idade. Passaram na casa de uma amiga e pouco depois foram até uma praça, nas proximidades do local do crime, para que seus filhos pudessem brincar.

Instantes depois, teve início uma discussão entre o casal e ele teria ficado muito exaltado e ofendido a namorada por diversas vezes, dando início em seguida a diversas agressões, desferindo inúmeros socos na cabeça da vítima que acabou caindo ao solo.

Ao perceber que a vida da sua amiga estava em risco a moça teria se colocado entre os dois e tentado impedir o rapaz de dar prosseguimento as agressões. Neste momento, ele teria ido até seu veículo, aberto o porta malas e colocado um objeto na cintura. Imaginando que pudesse se tratar de uma arma, a amiga tentou impedir a aproximação dele, que a teria empurrado e investido novamente contra a namorada, desferindo diversas facadas na vítima antes de jogar a faca no chão e se evadir do local.


A amiga contou à Polícia que todas as agressões foram praticadas na presença de seu filho e do filho da vítima. A moça ainda afirmou que o relacionamento do casal era marcado por diversas desavenças. Ela informou à Polícia onde o criminoso residia, na Rua do Engenho. Os policiais foram até o local mas não encontraram o indivíduo.


Pesquisas realizadas pela Polícia revelaram que o veículo utilizado pelo criminoso na fuga foi um Peugeout 207 HB XR prata, registrado em seu nome. A ultima leitura de placas relacionada a este veículo junto ao sistema Detecta mostrou a informação de que às 00:39:01 da madrugada do dia 08 de setembro, o veículo trafegou pela Via expressa da Marginal Tietê, em sentido a Rodovia Ayrton Senna, conforme captura de imagem realizada pela câmera 5116.


No local não foram localizadas outras testemunhas que tivessem presenciado o ocorrido. Além dos exames periciais foi requisitado o exame necroscópico da vítima junto ao IML.


A Polícia busca imagens de câmeras de monitoramento porventura existentes no local.


Foi aberto Inquérito Policial na Delegacia de Defesa da MulhEr (DDM).

280 visualizações