top of page

Feminicídio: Mulher é morta com golpe de faca em Cotia


Companheiro da vítima é suspeito do crime


Fau Barbosa

Na madrugada deste domingo, 18, Policiais Militares estavam em patrulhamento de rotina quando foram acionados por volta das 02h50, via Copom, para atenderem ocorrência de apoio ao SAMU.


Segundo a informação, a equipe estava no Jd. Stella Maris, onde tinham constatado o óbito de uma mulher de 34 anos, vítima de ferimento de arma branca (faca), na região do pescoço. Os policiais foram informados que o suspeito do crime seria o companheiro da vítima.


No momento em que os policiais chegaram ao local, não havia moradores próximos à residência. Em contato com um morador da rua e vizinho da vítima, que estava saindo para trabalhar, este informou que não ouviu nem presenciou nada. Não foram localizados moradores em residências próximas, que pudessem da mais informações. A casa fica localizada em uma viela, onde não há acesso de carros.


Havia gotas de sangue no chão da viela, vindas da parte de cima da rua até a casa da vítima, indicando que ela teria sido ferida do lado de fora da residência, e aparentemente, conseguiu entrar em sua casa, chegando no quarto, onde faleceu.


O crime

A irmã da vítima contou aos policiais que estava em sua casa, quando sua mãe a acordou chorando, dizendo que alguém havia ligado (não sabia dizer quem), informando que o companheiro de sua irmã havia desferido uma facada nela e que ela havia falecido.


A pedido da mãe ela foi até a casa da irmã, onde encontrou os policiais e o Samu, que já havia constatado o óbito. Ela contou à Polícia que não conhece muito bem o indivíduo, e sabia apenas que a relação dos dois era bastante conturbada e que eles brigavam muito. Ele teria vindo da Bahia, onde mora toda sua família.


A Autoridade Policial, com auxílio da equipe do GOE, foi até o local do crime, onde solicitou a perícia técnica.


A perícia

No local, foram colhidos os primeiros elementos de prova. Segundo informações, a vítima se relacionou com o suspeito por quatro anos, porém brigavam muito, normalmente após consumirem bebidas alcoólicas. Assim, as agressões eram constantes. A irmã cansou de avisar para que ela terminasse o relacionamento, devido às brigas do casal.


Acompanhando os trabalhos do perito, os policiais entraram na residência, composta por um banheiro, uma sala/cozinha e um quarto, sendo que a vítima estava deitada de costas no chão do quarto. Havia sangue ao lado da vítima e ela, aparentemente, apresentava uma única lesão do lado esquerdo da parte superior do tórax, ao que tudo indica causada por um instrumento perfurocortante (faca).


A arma do crime não estava na casa e foram feitas buscas nas proximidades da residência, porém, nada foi localizado. A investigação prossegue.


O caso foi registrado na DDM de Barueri, em boletim de ocorrência de natureza "Homicídio (art. 121) - Feminicídio - contra a mulher por razões da condição de sexo feminino".

2.236 visualizações

Comments


bottom of page