top of page

Frente fria se aproxima e temperatura deve cair no final de semana

Segundo a Defesa Civil, na Região Metropolitana, os termômetros podem registrar até 13ºC na madrugada de sábado para domingo.


O CGE - Centro de Gerenciamento de Emergências da Defesa Civil do Estado de São Paulo informa que, a partir desta sexta-feira (24), uma frente fria associada a um ciclone extratropical no oceano deve contribuir para a formação de áreas de instabilidade sobre todo o estado de São Paulo. No período vespertino, a combinação entre essa entrada/circulação de umidade e as temperaturas elevadas deve favorecer a ocorrência de pancadas de chuva isoladas sobre o território paulista, com exceção do extremo norte do estado.


Essa chuva pode vir acompanhada por eventuais rajadas de vento e descargas elétricas, porém, não há indicativo para volumes expressivos. Após o afastamento deste sistema, uma forte massa de ar polar deve se instaurar sobre a região, ocasionando na queda expressiva das temperaturas em todo o estado, com previsão até quarta-feira (29), e a sensação térmica será mais amena em todas as áreas ao longo do dia. O tempo fica instável, e haverá condições para chuva fraca a moderada em todo o estado, porém, sem potencial para gerar acumulados expressivos.


Temperaturas Mínimas esperadas em todo o estado de SP

Entre sábado (25) e domingo (26), será observada essa queda mais abrupta nas mínimas em todo o Estado. Na madrugada de sexta para sábado, as mínimas na faixa leste devem girar em torno dos 16ºC e 17°C, no interior do Estado, em torno de 18ºC e 20°C. Na faixa leste, incluindo a Região Metropolitana de São Paulo, os termômetros podem registrar até 13°C na madrugada de sábado para domingo. Nas regiões serranas, essas mínimas podem chegar próximo dos 10°C. Já no interior do Estado, as mínimas devem variar entre 15ºC e 17°C.


Orientações à toda população

A queda de temperatura intensifica a sensação de frio, aumentando o risco de incidentes e danos à saúde. Crianças e idosos são mais suscetíveis às doenças agravadas pelo frio.

Mantenha-os agasalhados.


Em virtude das doenças oportunistas que incidem mais no período do frio é essencial tomar medidas simples como evitar locais fechados e de grande circulação de pessoas, além de higienizar frequentemente as mãos.


Para obter mais orientações sobre o que fazer antes, durante e depois ao período de baixas temperaturas acesse as redes sociais da Defesa Civil do Estado pelo @defesacivilsp.

Comments


bottom of page