top of page

Governo de SP divulga boletim sobre a situação das chuvas no litoral paulista


Um boletim divulgado às 19h da noite desta terça-feira, 21, informa que diversos pontos da Rodovia Rio-Santos (SP-055), entre São Sebastião e Ubatuba, que estavam totalmente obstruídos foram liberados parcialmente para o tráfego pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER).


A subida da serra pode ser feita pelo Sistema Anchieta-Imigrantes ou Rodovia dos Tamoios, a depender do ponto na Rio-Santos onde o motorista se encontra. Caso esteja na altura da Praia de Juquehy (km 176), sentido Bertioga, a rota é somente pelo Sistema Anchieta-Imigrantes. Para o motorista que estiver do outro lado da interrupção total da Rio-Santos, no km 174, a rota é somente a Rodovia dos Tamoios.


ESTRADAS

Neste momento, as seguintes rodovias administradas pelo DER estão com pontos de interdição total e parcial:


Interdição Total


RIO-SANTOS (Rodovia Dr. Manoel Hyppólito Rego SP-055)

  • Km 174+500 – queda de barreira (Praia Preta)


Mogi-Bertioga (SP-098)

  • A Rodovia Mogi-Bertioga segue totalmente interditada, em razão do rompimento de tubulação, na altura do km 82, em Biritiba Mirim.

  • Também há interdição parcial nos km 90 e 91, devido à queda de barreira; e no Km 87, devido à erosão.

  • Nesta terça-feira (21), uma equipe do DER iniciou os serviços de recuperação no local. Saiba mais.

Interdição Parcial


RIO-SANTOS (Rodovia Dr. Manoel Hyppólito Rego SP-055)

  • Km 061 – queda de barreira (Praia do Lamberto);

  • Km 066 – queda de barreira (Praia de Fortaleza);

  • Km 084 – queda de árvore (Praia Tabatinga);

  • Km 087– queda de barreira e árvores (Praia da Cocanha);

  • Km 095 – alagamento (Praia Massaguaçu);

  • Km 095 ao 096 – queda de barreira (Praia Massaguaçu);

  • Km 116 – queda de barreira (Praia da Cigarra);

  • Km 142 – queda de barreira e árvores (Praia do Toque Toque);

  • Km 136 ao 142 – queda de barreira e árvores (Praia do Guaicá e Toque Toque);

  • Km 157 ao 162 – queda de barreira (Praia de Maresias);

  • Km 164 – queda de barreira (Praia de Boiçucanga);

  • Km 180 – queda de árvore (Praia Preta); Km 188 – erosão (Praia de Boracéia);

  • Km 189 – erosão (Praia de Boracéia);

Rodovia Oswaldo Cruz (SP-125)

  • Km 11 – queda de barreira;

  • Km 13 – queda de barreira;

  • Km 58 – queda de barreira.

Travessia São Sebastião/Ilhabela

O Departamento Hidroviário (DH) informa que a travessia de balsa São Sebastião/Ilhabela foi completamente restabelecida nesta terça-feira (21), após ser parcialmente suspensa entre 12h50 e 14h.

O motivo da suspensão foi dar maior celeridade ao fluxo de veículos na Rodovia Rio-Santos (SP-55), no sentido São Sebastião-São Paulo.

Para conferir o tempo de travessia, acesse o site do Departamento Hidroviário (http://www.dh.sp.gov.br/travessias/) ou o aplicativo do DH, disponível gratuitamente nos sistemas iOS e Android


RODOVIAS CONCESSIONADAS

A ARTESP – Agência de Transporte do Estado de São Paulo informa que há tráfego intenso tanto nas rodovias que dão acesso ao litoral paulista, quanto nas que dão acesso ao interior do Estado, no fim desta tarde de terça-feira (21), mas sem registro de congestionamentos.

  • Rodovia dos Tamoios – Tráfego intenso no sentido de São José dos Campos, entre o km 83+400 e o km 11+600, por excesso de veículos. A rodovia já recebeu cerca de 123 mil veículos.

  • Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) – O Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI) está com operação 2×8 (duas pistas sentido Litoral e oito sentido Planalto), tráfego normal nas rodovias que compõem o Sistema. Desde às 0h de quinta-feira (16), quando se iniciou a contagem, 383,9 mil veículos seguiram em direção à Baixada Santista. No sentido São Paulo, a Ecovias registrou a passagem de 267,1 mil veículos. Na última hora, desceram 1,8 mil veículos e subiram mais de 5,7 mil veículos.

  • Sistema Castello Branco-Raposo Tavares – Tráfego normal, sem congestionamentos. O sistema já recebeu cerca de 793 mil veículos.

  • Sistema Anhanguera-Bandeirantes – Lentidão na Rodovia Anhanguera (SP 330) do km 102 ao km 101 e na Rodovia dos Bandeirantes (SP 348) do km 58 a 54. Passou cerca de 696 mil veículos.

  • Rodovia Ayrton Senna/Carvalho Pinto – Tráfego com lentidão na Rodovia Carvalho Pinto (SP O70) sentido capital, do km 88 ao km 80 e na rodovia Ayrton Senna, sentido capital, do km 56 ao km 48. Ambos devido ao alto fluxo de veículos.

IDENTIFICAÇÃO DAS VÍTIMAS

Até o momento, 46 óbitos foram confirmados, sendo 45 em São Sebastião e um em Ubatuba. Equipes do município com psicólogas e assistentes sociais fazem um trabalho de acolhimento dos familiares das vítimas. Sete corpos já foram identificados e liberados para o sepultamento. São dois homens adultos, duas mulheres adultas e três crianças. Os trabalhos de busca, resgate e salvamento seguem ininterruptamente na região. Atualmente, 1.730 desalojados e 766 desabrigados em todo Estado.


ATENDIMENTO MÉDICO

A Secretaria de Estado da Saúde informa que 20 adultos e seis crianças vítimas das chuvas foram atendidas, até o momento, no Hospital Regional do Litoral Norte (HRLN). Deste total, sete estão em estado grave e 13 estáveis. Outros dois pacientes já receberam alta hospitalar e outras duas, uma grávida e uma puérpera, foram transferidas para o Hospital Stella Maris. Na tarde desta terça-feira (21), uma criança de oito anos foi transferida ao Hospital Regional de São José dos Campos. Nas próximas horas, outra criança, também de 8 anos, será transferida para a mesma unidade.

Desde domingo, as unidades de Saúde do Estado no Litoral Norte estão em alerta para receber os possíveis feridos do desastre que atingiu a região. Outras unidades de saúde da Baixada Santista, Alto Tietê e da Capital também estão aptas a receber os feridos.

A SES acrescenta que todos os pacientes atendidos no HRLN tiveram os familiares localizados pela assistência social da unidade.

Além de reforçar o atendimento, a SES-SP encaminhou um conjunto de insumos ao atendimento às vítimas desse desastre. Foram encaminhadas, 7,4 mil insulinas humana e 20 mil agulhas para insulinas, 36 ampolas de soro antiofídico para cobras, 5 mil frascos de hipoclorito de sódio, 940 bolsas de glicose, 900 bolsas de soro, 180 kits intravenosos, 30 kits de sutura, 30 talas para imobilização, além de sedativos e outros medicamentos como antibióticos, anti-inflamatórios, analgésicos, entre outros.


ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Os técnicos da Sabesp seguem trabalhando para o restabelecimento dos sistemas de abastecimento de água no Litoral Norte e Baixada Santista. Em São Sebastião e Ilhabela, 31 caminhões-tanque da companhia realizam o abastecimento emergencial até a regularização total dos sistemas.

Equipes de operação e de manutenção estão em Boiçucanga para a recuperação do sistema de produção de água. Caminhões-tanque também estão no local.

A produção de água em Maresias já foi retomada. Em Caraguatatuba e Ubatuba, os sistemas de abastecimento estão em operação. Em Ilhabela os sistemas estão em recuperação. Ao todo, 104 técnicos da companhia estão empenhados nesse trabalho, com o apoio de caminhões de hidrojateamento e alto vácuo, seis retroescavadeiras e outros veículos.


DOAÇÕES

As empresas ligadas à Secretaria de Transportes Metropolitanos começaram a receber doações de passageiros para levar ajuda às pessoas desabrigadas e desalojadas pelas fortes chuvas no litoral do Estado. A campanha também envolve as concessionárias ViaMobilidade e ViaQuatro, responsáveis pelas operações das Linhas 4-Amarela, 5-Lilás, 8-Diamante e 9-Esmeralda.

Ao todo, são 193 pontos de arrecadação distribuídos em estações e terminais do sistema metropolitano de transportes. As principais necessidades são alimentos não perecíveis, água mineral e roupas limpas e em bom estado. A campanha é uma parceria da Secretaria de Transportes Metropolitanos com o Fundo Social de São Paulo, que encaminhará os donativos recebidos às cidades atingidas por meio da Defesa Civil.

O Metrô tem pontos de arrecadação nas 63 estações que compõem as linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata. Já a EMTU contará, a partir desta quarta-feira (22), com caixas de arrecadação nos terminais metropolitanos Jabaquara, Diadema, Piraporinha, São Bernardo, Ferrazópolis, Santo André Oeste e Leste e São Mateus. A Estrada de Ferro Campos do Jordão também participa da campanha com um ponto de coleta na estação Emílio Ribas.

Além disso, a CPTM promove a campanha De Braços Abertos, que arrecada alimentos não perecíveis, produtos de higiene pessoal e limpeza, roupas e água em todas as 57 estações das linhas 7-Rubi, 10-Turquesa, 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade. Quem quiser participar, pode doar nas caixas de arrecadação ou procurar os colaboradores da companhia nas estações até o dia 10 de março.

As linhas 4-Amarela, operada pela ViaQuatro, além da 5-Lilás, 8-Diamante e 9-Esmeralda, da ViaMobilidade, contam com caixas para depósito de doações de água e alimentos não perecíveis em todas as 72 estações. Trata-se de uma ação do Grupo CCR em parceria com a CUFA (Central Única de Favelas).


Acompanhe as atualizações sobre a situação das chuvas por meio do Twitter do Governo do Estado de São Paulo: @governosp

43 visualizações

コメント


bottom of page