top of page

Governo do Estado de SP divulga boletim sobre a greve do Metrô, CPTM e Sabesp


Boletim foi divulgado às 06h30 da manhã desta terça-feira, 28. Governador Tarcísio de Freitas se manifestou sobre a greve


Desde as primeiras horas da manhã, as equipes diretivas das três empresas estão monitorando a adesão à greve e adotando as medidas de contingência necessárias para minimizar os impactos na prestação dos serviços públicos à população.


As linhas de transporte metropolitano concedidas, linha 4-Amarela e 5-Lilás de metrô e 8-Diamante e 9-Esmeralda de trens metropolitanos, operam normalmente.


No momento (06h30), a CPTM e o Metrô funcionam parcialmente e operam da seguinte forma:


Metrô

• Linha 1- Azul: funcionando de Tiradentes até Ana Rosa

• Linha 2- Verde: Alto do Ipiranga até Clínicas

• Linha 3-Vermelha: Bresser até Santa Cecília

• Linha 15- Prata: fechada


CPTM

• Linha 7- Rubi: funcionando de Luz a Caieiras com intervalo de 8 minutos

• Linha 10- Turquesa: fechada

• Linha 11-Coral: Luz até Guaianases com intervalo de 6 minutos

• Linha 12- Safira: funcionamento integral com intervalo de 8 minutos

• Linha 13- Jade: funcionamento integral com intervalo de 30 minutos


As integrações estão abertas nas estações que estão funcionando.


Pronunciamento

O governador Tarcísio de Freitas e os representantes do Metrô, CPTM e Sabesp fizeram um pronunciamento sobre a greve às 7h30 no Palácio dos Bandeirantes. Assista a transmissão.


Decisão Judicial

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) decidiu contrariamente à greve anunciada pelos sindicatos e determinou o funcionamento mínimo de 85% do contingente de trabalhadores da CPTM e 80% dos serviços do Metrô nesta terça-feira (28) nos horários de pico. A determinação vale para os períodos das 4h às 10h e 16h às 21h na CPTM e 6h às 9h e das 16h às 18h no Metrô.


Já nos outros horários, o magistrado determinou a operação de 60% nos serviços da CPTM e no Metrô. Caso haja descumprimento, há multas diárias previstas de R$ 600 mil para os sindicatos dos ferroviários e R$ 700 mil para o sindicato dos metroviários.


Para a Sabesp, o contingente mínimo referente a serviços essenciais definido pela Justiça é de 80%, sob pena de multa de R$ 100 mil.


Ônibus

Os ônibus municipais e intermunicipais circulam normalmente nesta terça-feira (28). As linhas metropolitanas gerenciadas pela EMTU funcionarão com intensificação da operação e extensão de itinerário em mais de 30 linhas estratégicas para amenizar os impactos da greve. Além do reforço na quantidade de veículos e aumento de partidas realizadas, as linhas terão seus pontos finais na capital alterados para que os passageiros sigam até as estações que poderão estar funcionando, ou até a conexão com as linhas da SPTrans.


Sabesp

Todos os sistemas de abastecimento de água, coleta e tratamento de esgotos seguem operando regularmente.


Ponto Facultativo

O Governo de São Paulo determinou ponto facultativo nos serviços públicos estaduais da capital nesta terça-feira (28). O objetivo é reduzir os prejuízos à população, garantindo a remarcação de consultas, exames e demais serviços que estavam agendados para a data da greve. Os serviços de segurança pública não serão afetados, assim como os restaurantes e postos móveis do Bom Prato, que vão continuar a oferecer normalmente as refeições previstas para terça. As consultas em Ambulatórios Médicos de Especialidades (AMEs) da capital e em outras unidades de saúde estaduais terão seus reagendamentos garantidos, assim como nos postos do Poupatempo. O ponto facultativo não se aplica à Secretaria de Educação em virtude da preparação do Provão Paulista Seriado e da manutenção do calendário escolar.


Acompanhe pelas redes oficiais do Governo de SP (@governosp) a atualização dos serviços públicos e os impactos da greve dos funcionários do Metrô, CPTM e Sabesp. Novos boletins também serão divulgados periodicamente.

26 visualizações

ความคิดเห็น


bottom of page