top of page

Granja Viana: Comerciantes se reúnem com a imprensa e falam da criação da Associação Comercial local


O encontro aconteceu no restaurante Chez Maria


Fau Barbosa

Nesta terça-feira, 25, a imprensa da Granja Viana participou de um almoço com representantes do comércio local. A pauta foi a criação de uma Associação Comercial no bairro.


Tudo começou com um teste da Prefeitura de Cotia, que promoveu a alteração de mãos nas duas vias principais do bairro (Rua José Felix de Oliveira e Avenida São Camilo), tornando-as "mão única". Isso gerou transtorno para o comércio local além da queda do faturamento, fazendo com que os comerciantes se unissem e procurassem a Secretaria de Indústria e Comércio. Com isso, após comprovados os fatos e diante de pesquisas feitas com os moradores, a Prefeitura voltou atrás na sua decisão, voltando as mãos duplas nas vias.

Segundo Guilherme Ribeiro, proprietário do restaurante Chez Maria, a união do comércio fez a diferença no assunto. "A Granja Viana sempre foi muito individualista, não unida e de repente um problema no trânsito do bairro acabou virando um interesse comum que reuniu as pessoas. E isso foi feito de uma maneira muito sadia", disse o empresário.


Foi aí que os comerciantes do bairro começaram a pleitear a criação de uma Associação Comercial. "Está sendo um trabalho de formiguinha, muitos ainda não entendem o que vai ser", destacou Nilo Valverde, proprietário da Sodiê Doces. A movimentação gerou um ponto positivo: "Descobrimos que somos comerciantes amigos e amigos comerciantes", frisou Angela Serrano, do Pátio Viana I e II.


Segundo os comerciantes, a Associação abre um leque de opções de serviços e também trará benefícios ao comércio. O cronograma agora prevê definir o perímetro de atuação, a criação do estatuto, a ata da assembleia, custos, etc.


Segundo o grupo, há a necessidade de aderência de CNPJ. "É importante frisar que as adesões devem acontecer de forma unitária, pois isso dá outro peso", destacou Nilo. "A Associação é nada, além da representatividade. Houve um movimento legítimo do grupo, pedindo uma Associação. Agora é preciso engajamento", disse.

"E é preciso definir muito bem as diretrizes", afirmou Guilherme, falando que o sonho em relação à Associação, seria juntar a vocação original da Granja Viana com a necessidade de ter comércio".

"Conciliação e União", destacaram.


A partir de agora, há uma reunião constante entre os líderes do projeto para que sejam formadas as demandas e feitos os orçamentos.


Como participar

Quem quiser aderir é só enviar uma mensagem pelo whatsapp 11 99133-6125 (Angela).


Participaram do encontro as mídias Portal Viva, Site da Granja, Jornal Granja News, Revista Circuito e Revista Tudo.


Fotos: Ana Alcantara/Site da Granja

1.741 visualizações

Comments


bottom of page