top of page

Granja Viana: Polícia Civil indicia funcionária que desviou dinheiro da empresa onde trabalhava


Foram feitas mais de 30 transferências indevidas para sua conta e de sua namorada


Fau Barbosa

Policiais Civis do 2º DP da Granja Viana elucidaram, nesta quarta-feira, 5, a autoria de um crime de "Furto Qualificado por Abuso de Confiança", ocorrido em uma empresa localizada no km 22 da Rodovia Raposo Tavares, na Granja Viana.


A empresa teve desviado de suas contas bancárias mais de R$ 30 mil reais para contas digitais do PicPay. Além da abertura de conta indevida para os desvios de valores, a empresa identificou que a autora era sua funcionária, que exercia o cargo de assistente / auxiliar administrativo, e assumiu a parte financeira da empresa. Como pessoa de confiança da vítima lhe foi dado acesso às contas da empresa.


Os investigadores do 2º DP conseguiram rastrear o desvio financeiro identificando a funcionária da empresa, de 23 anos, como uma das beneficiárias. A outra favorecida com o desvio monetário, foi sua ex-companheira, que negou saber das transações. Ela disse à Polícia que a funcionária tinha total acesso a suas finanças, razão pela qual teria utilizado a conta bancária para deposito dos valores subtraídos da empresa onde trabalhava, sem o seu conhecimento.


A funcionária foi indiciada e demitida por justa causa, além de ter sido abandonada pela companheira após a descoberta do crime.


O caso foi registrado no 2º DP da Granja Viana, pela delegada Dra. Monica Gamboa, como "Furto qualificado (art. 155) - Outros § 4º - A pena é de reclusão de 2 (dois) a 8 (oito) anos, e multa, se o crime é cometido: II - com abuso de confiança, ou mediante fraude, escalada ou destreza".




474 visualizações

Comments


bottom of page