Hospital cria jardim terapêutico na Granja Viana


Área de 44 m² na Unidade do Hospital São Camilo de Cotia promove atividades terapêuticas aos pacientes e colaboradores, estimulando o contato com a natureza

A atenção à qualidade de vida e ao bem-estar integra uma série de ações de prevenção e promoção à saúde física e mental na Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo. Com esse objetivo, a Unidade Granja Viana criou o Jardim Terapêutico, um espaço de 44 m², que conta com mais de 30 espécies de plantas, voltado à realização de atividades terapêuticas com pacientes e colaboradores da instituição. O projeto, desenhado com canteiros em diferentes alturas para atender às limitações físicas e necessidades especiais de cada pessoa, visa aproximar as pessoas do contato com a natureza e propõe experiências sensoriais com cada espécie, um exercício benéfico com efeitos terapêuticos, sobretudo para os pacientes em tratamento. Dra. Aline Thomaz, CEO da Rede São Camilo SP, ressalta que a ideia de criar um local ao ar livre que permitisse a realização de atividades terapêuticas junto à natureza sempre esteve nos planos para a Granja Viana, que dispõe de um terreno vasto e produtivo. “O jardim é uma realização para a Rede. Todo o projeto foi pensado com muito carinho e desenvolvido com atenção nos detalhes, para que todos pudessem usufruir ao máximo”, afirma. Tatiana Bononi, gerente de Nutrição da Rede, explica que as equipes multidisciplinares encontraram no jardim uma oportunidade de desenvolver atividades com os pacientes. “Os pacientes podem visitar o jardim e conhecer toda a flora disponível, estimulando os sentidos além da visão, como o tato (texturas), o olfato (aromas) e o paladar (sabores), bem como aprender sobre as necessidades de cada planta e suas características peculiares, além de aprender a plantar e colher seus frutos”, destaca. Segundo ela, cuidar das plantas e se envolver com o seu desenvolvimento são atividades que geram sentimento de integração, especialmente para os pacientes em tratamento, aumentando a percepção dos fatores que as influenciam como o frio, o calor, a água, o solo, o sol, os insetos, a chuva, as estações do ano e a própria transformação do jardim no decorrer do tempo. “Este trabalho auxilia na redução do estresse e na ampliação do bem-estar, promovendo mais qualidade de vida”, completa Tatiana. O jardim foi desenvolvido em parceria com o Instituto Kairós, que também atuou com o São Camilo na criação de uma horta urbana na Unidade, espaço de 16 mil m² destinado ao cultivo de diversos produtos sem agrotóxicos utilizados no preparo das refeições de todos os pacientes e colaboradores. De acordo com a CEO, ações como estas estão alinhadas com a missão da instituição de promover a saúde de forma ampla, pensando no bem-estar de todos e valorizando a qualidade de vida e os bens naturais disponíveis, em busca de uma gestão mais sustentável. Sobre a Rede de Hospitais São Camilo As Unidades da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo prestam atendimentos de emergência e eletivos em mais de 60 especialidades, cirurgias de alta complexidade e transplantes de medula óssea. O hospital da Pompeia é acreditado pela Joint Commission International (JCI). A unidade São Camilo Oncologia, por sua vez, é referência em Pesquisa Clínica no Brasil, sendo considerada Top Recruitment - o maior recrutador de pacientes com mais de 40 estudos patrocinados na área de Oncologia. Os hospitais privados da Rede subsidiam as atividades de cerca de 40 unidades administradas pela Sociedade Beneficente São Camilo e que atendem pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) em 15 Estados brasileiros. No Brasil desde 1922, a Sociedade Beneficente São Camilo, que pertence à Ordem dos Ministros dos Enfermos, foi fundada por Camilo de Lellis e conta, ainda, com 25 centros de educação, dois colégios e dois centros universitários. Siga o Hospital São Camilo nas redes sociais: @hospitalsaocamilosp

21 visualizações