Ibiúna: Policiais Militares encontram corpo na Estrada da Campininha


Indivíduo, de 32 anos, tinha várias perfurações por arma de fogo.

Policiais militares foram acionados via Copom, por volta das 08h50 deste domingo, 21, para atender uma ocorrência de encontro de cadáver, na divisa de Cotia com Ibiúna. Segundo a Polícia, o local já foi conhecido por receber a desova de corpos.


Ao chegarem ao local, na Estrada da Campininha, no bairro Sarasara (depois do Mário Ribeiro), os policiais se depararam com uma pessoa do sexo masculino, aparentando ter 35 anos de idade e vestindo calça jeans azul e blusa de nylon cinza. O corpo estava em decúbito ventral e foi constatado o óbito, sendo informada a autoridade policial do DP de Ibiúna, que fez as comunicações necessárias e solicitou perícia no local. Segundo informações, ele estaria ali desde a noite anterior.

Segundo os policiais, o corpo tinha aproximadamente oito perfurações de arma de fogo.


De acordo com os militares, um Policial Civil esteve no local, informando que o indivíduo era morador de Cotia e estava sendo monitorado pela Divisão de Roubo a Bancos de São Paulo, sendo investigado por vários crimes envolvendo carros fortes. Ele estava para ser preso por um homicídio de um vigilante de carro forte, baleado anos atrás, em Cotia.


No local compareceu uma mulher, que identificou o homem morto como sendo seu filho

de 32 anos. Ela contou à polícia que pela manhã teria recebido uma ligação informando que seu filho estaria morto, sendo passada a localização onde estaria o corpo. Ela teria ido até o local, onde encontrou com a Policia Militar, que já se encontrava lá.


O caso foi registrado na Delegacia de Ibiúna, como Homicídio (art.121).


Atendeu a ocorrência a viatura I-40207 da Polícia Militar de Ibiúna, Cb Franco e Sd Léo Jaime, com apoio da viatura S-1346 da perícia técnico-científica.

1.183 visualizações