Idosos de 60 a 65 anos passam a pagar passagem em SP


A medida vale para ônibus municipais na cidade de São Paulo e intermunicipais (EMTU), Metrô e CPTM.

A partir desta segunda-feira (1º) chega ao fim a gratuidade no transporte público para idosos com idades entre 60 e 65 anos em São Paulo. A medida vale para os ônibus municipais de São Paulo e intermunicipais (EMTU), Metrô e CPTM.


A suspensão foi uma determinação do governador do estado, João Doria (PSDB), e do prefeito da capital, Brunos Covas (PSDB). A Justiça de São Paulo tentou derrubar a nova determinação, mas o governo recorreu e conseguiu mantê-la.

A tarifa ainda será gratuita para pessoas com mais de 65 anos, benefício garantido pela lei federal que instituiu o Estatuto do Idoso. Os cartões de pessoas que não completarem 65 anos até o dia 1º de fevereiro de 2021 serão cancelados.

De acordo com o decreto, o Bilhete Único Especial da Pessoa Idosa pode ser obtido mediante cadastramento na SPTrans, pelos usuários com idade igual ou superior a 65 anos, que comprovadamente residam nos municípios que compõem a Região Metropolitana de São Paulo.

Em dezembro de 2020, em nota, o governo de São Paulo e a Prefeitura de São Paulo informaram que a mudança na política de benefícios no transporte de idosos "acompanha a revisão gradual das políticas voltadas a esta população".


Do G1

Foto: TV Globo/Reprodução

15 visualizações