top of page

Itapevi inicia a construção da nova estação Ambuitá

Previsão de conclusão da nova estação da linha 8-Diamante é no início de 2025. Investimento na obra, essencial para o desenvolvimento econômico da região, é de 23 milhões


Na manhã desta sexta-feira (5), autoridades do município e executivos da ViaMobilidade prestigiaram o início oficial da construção da nova estação Ambuitá, da linha 8-Diamante, que será viabilizada através da parceria entre a Prefeitura de Itapevi e a concessionária. A obra receberá o investimento de R$ 23 milhões e empregará 100 funcionários, informou a Comissão de Monitoramento das Concessões e Permissões (CMCP), do Governo do Estado.


A expectativa é de que os serviços sejam concluídos no primeiro trimestre de 2025. A nova unidade será levantada exatamente onde ficava a antiga estação, na rua Dr. José Alexandre Crosgnac, 110.


A estação foi desativada e demolida em 2010, após um projeto de modernização da linha, realizado na ocasião pelo Governo do Estado. A medida desagradou os moradores do bairro, que há anos reivindicavam a volta da estação. Diante dessa situação, a Prefeitura pleiteou o novo acesso.

“Essa estação significa o desenvolvimento da região economicamente. Esta construção é fundamental para o futuro de Itapevi, afinal esta região tem todo o potencial de crescimento e trazer melhores condições de acesso é fundamental”, comemorou o prefeito de Itapevi, Igor Soares (Podemos).

Conheça os detalhes

A nova estação contará com um edifício de acesso dos passageiros com duas plataformas onde os usuários farão o embarque nas composições. Cada uma delas terá 120 metros de extensão e 3,50 metros de largura.

O prédio terá dois pavimentos e atenderá às normas de acessibilidade. Também será disponibilizado um estacionamento para bicicletas junto à entrada para incentivar a mobilidade no município.

No térreo, haverá um saguão de entrada, as bilheterias, a linha de bloqueios (catracas) e sanitários, enquanto no andar superior, funcionará a área administrativa da estação.

 

Sobre a antiga parada

A estação de Ambuitá foi inaugurada em setembro de 1949 pela Estrada de Ferro Sorocabana, inicialmente com o nome de “Parada Iracema”. Somente 35 anos depois (junho de 1985), recebeu novas instalações dentro da modernização do sistema pela antiga Fepasa - estatal que até então operava a linha. A desativação e demolição ocorreram em 2010 ainda quando era gerenciada pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM).

 

Melhorias na linha 8

A reconstrução faz parte do pacote executado pela concessionária previsto após vencer a concorrência para assumir a linha 8-Diamante, em 20 de abril de 2021. Além de construir a nova estação, o consórcio já realizou o alargamento da passagem sob a linha férrea de Ambuitá (entregue no fim de outubro) e promoveu amplas reformas nas de Amador Bueno, Santa Rita, Itapevi e Engenheiro Cardoso.

Ainda dentro do pacote, a concessionária deve concluir até o fim deste ano a nova passarela próxima à estação de trem Amador Bueno, para garantir a segurança dos pedestres naquela região e interligar a Rua Ezequiel Antônio de Oliveira, altura do nº 700, às estradas Sabiá e do Prado.

Em setembro passado, a parceria entre a Prefeitura e a ViaMobilidade iniciou o asfaltamento de 512 metros de extensão da Estrada do Prado (Jardim Santo Antônio) e a implantação de duas faixas de rolamento de 3 metros de largura cada e calçada de 1,5 metro de largura. O pacote de melhorias prevê ainda a construção de um viaduto ao lado da estação Santa Rita e as implantações das passarelas do Jardim Portela, do Jardim Santa Rita e do Jardim Sorocaba.

 

Fotos: Guilherme Garotti /PMI

58 visualizações

Comentarios


bottom of page