Itapevi: Polícia Ambiental autua 46 pessoas envolvidas com a soltura de balões


Soma das multas ultrapassou R$ 3,6 milhões; o caso será investigado pela Polícia Civil


O 1º Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) autuou, neste domingo (23), em Itapevi, 46 pessoas envolvidas com a soltura de balões. Na ação, diversos materiais utilizados no delito foram apreendidos. Soma das multas ultrapassou R$ 3,6 milhões.


Os policiais militares foram informados sobre a prática ilícita e foram até uma chácara na Rua dos Artistas verificar.

Chegando na propriedade, os policiais visualizaram dois balões soltos no ar e um grupo com grande quantidade de pessoas dentro da chácara, as quais, em sua maioria, fugiram em meio a mata com a chegada da equipe.

No local, foram encontrados e apreendidos nove carretéis, dois rolos de linha, dois maçaricos, uma tesoura, um alicate, três estiletes, um isqueiro, quatro rolos de corda, dois rolos cordonê, 127 copinhos para armação de balões, 37 varetas de bambu, cinco rolos de fita crepe, um botijão de gás, 16 camisetas estampadas e uma blusa de moletom.


Três pessoas foram conduzidas à Delegacia de Itapevi para prestar esclarecimentos e serão investigadas por meio de inquérito policial.

Por parte da PM Ambiental, foram registrados 46 Autos de Infração Ambiental (AIA), com base em resolução da Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA), totalizando R$ 3.680.000 em multas.

Na Polícia Civil o caso foi registrado como crime ambiental de fabricar, vender, transportar ou soltar balões. As apurações prosseguem.

46 visualizações