Itapevi: Prefeitura aplica multa de R$ 236 mil por publicidade irregular de lambe-lambe


Cerca de oito homens realizavam a fixação dos materiais em postes, muros, pontos de ônibus e placas de sinalização da cidade

Agentes do Setor de Fiscalização de Posturas Municipais da Prefeitura de Itapevi flagraram, na madrugada do último sábado (8), oito homens em dois veículos realizando a instalação ilegal de anúncios lambe-lambe em pontos de ônibus, muros, placas de sinalização e nos postes das ruas Bambina Amirábile Chaluppe e Pinhal, em Amador Bueno.


Os dois responsáveis pela equipe que realizava a aplicação ilegal do anúncio foram multados com base no artigo 30 da Lei Municipal nº 2519/17 e terão que pagar R$ 236 mil pela irregularidade. De acordo com os fiscais, a Prefeitura já monitorava este tipo de irregularidade e tratava-se de uma questão de tempo para flagrar e autuar os responsáveis.


Os anúncios estavam sendo colados em toda a extensão da rua e nas vias adjacentes. Os veículos, no entanto, foram abordados durante realização da Operação de Lei Seca feita pela GCM (Guarda Civil Municipal) de Itapevi.


O material é colado com uma mistura de farinha de trigo e solda cáustica, o que dificulta a remoção, causa prejuízos ambientais e danos à saúde não apenas de quem cola, mas de quem remove o material, que precisa utilizar equipamentos de proteção individual adequados, como: luvas e máscara especiais.


Os materiais (anúncios, galões de solda cáustica e sacos de farinha de trigo) foram recolhidos e apreendidos pelos agentes. É a maior apreensão da história da cidade deste tipo feita pelos agentes da fiscalização da Prefeitura.

Ao serem flagrados, os homens informaram aos agentes que estavam vindo do bairro do Grajaú, em São Paulo. Ao longo desta semana, as equipes da limpeza urbana foram deslocadas para fazer a remoção completa dos anúncios ilegais colados.


Para denunciar este e outros tipos de irregularidades, o cidadão pode entrar em contato de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Rua Agostinho Ferreira Campos, 675 – Vila Nova Itapevi) pelo telefone 4143-7600. A GCM, que apoia as ações dos fiscais, atende 24 horas por dia nos telefones 153 e 199 e a Polícia Militar pelo 190.


69 visualizações