top of page

Itapevi: Prefeitura entrega os primeiros pilares do Mercadão Municipal

Espaço deve ser concluído até o final do ano e terá mezanino com restaurantes, lanchonetes, cafeterias e uma área tipo lounge.


A Prefeitura de Itapevi entregou nesta quarta-feira (10), os primeiros pilares do prédio que irá abrigar o Mercado Municipal da cidade, em construção ao lado da Praça do Nordestino, na Avenida Feres Nacif Chaluppe, no Centro. O inédito espaço de compras do município terá um total de 40 boxes e 93 vagas de estacionamento. Após a conclusão, serão gerados aproximadamente 300 empregos diretos e indiretos.


A expectativa é de que as obras sejam concluídas até o fim deste ano. Atualmente, 15% dos serviços já foram concluídos, depois de serem iniciados em outubro de 2023 com a ordem de serviço liberada pela administração municipal.

“O novo espaço de compras vai aliar a parte tradicional que um mercado público tem com um visual bem bonito, amplo e moderno que a população de Itapevi e da região merece”, destaca o prefeito Igor Soares (Podemos).


Além dos pilares que vão sustentar a estrutura do prédio do Mercadão, outros serviços já foram realizados no local. Entre eles, estão parte da terraplenagem do terreno e a implantação da fundação do prédio.


Além disso, serão realizados o levantamento topográfico, a sondagem do terreno e a demolição das paredes que antes abrigavam os boxes onde funcionavam alguns estabelecimentos na área anexa. Com o novo Mercadão, a Prefeitura quer estimular o comércio local e ainda oferecer uma gama de produtos e serviços com fácil acesso para a população.

 

Nos pavimentos

De acordo com o projeto, o Mercadão terá uma arquitetura moderna, com dois pavimentos, rampas com acessibilidade, sanitários, saídas de emergência e mobilidade. A fachada será toda espelhada.


No prédio, o pavimento térreo terá 1,7 mil metros quadrados, com a distribuição dos 40 boxes. Cada espaço para o comerciante será padronizado em aproximadamente 9 m².

Entre os segmentos que serão contemplados, estão açougues, adegas, quitandas, empórios, mercearias, bazares, lojas de artigos para celulares, entre outros tipos. Também haverá os serviços de lotérica, relojoarias e chaveiros. Da parte gastronômica, existe a previsão de ter lanchonetes e pastelarias.


Ainda no térreo, o público poderá circular por cinco corredores para passear e acessar os boxes. Os frequentadores terão acesso a banheiros – masculino e feminino -, à escada e a um elevador de acessibilidade para deficientes. Ambos levam o público para o segundo pavimento.


Também no pavimento principal, irá funcionar a administração do Mercadão e estarão localizadas as câmaras frias responsáveis pelo recebimento de produtos perecíveis. Os funcionários dos boxes e da administração terão à disposição dois amplos vestiários, com 27 m².


O mezanino do Mercado vai disponibilizar 667 m² para os frequentadores. Esse local terá restaurantes, lanchonetes e cafeterias, mais banheiros, além de uma área de convívio, tipo lounge.

 

Estacionamento e área de descarga

Do lado de fora, o estacionamento todo arborizado vai oferecer 93 vagas de veículos, dos quais três são destinadas para pessoas com deficiência (PCD). Além disso, serão outras 20 para motocicletas.


Na lateral do prédio, haverá uma área de carga e descarga para o tráfego de caminhões responsáveis pelo transporte das mercadorias para o Mercadão.


Foto: Célio Júnior/PMI

16 visualizações

Comments


bottom of page