top of page

Itapevi realiza reforço da Campanha de Vacinação contra Gripe a partir desta segunda-feira (03)


Imunizantes serão aplicados de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, nas UBSs de Amador Bueno, Suburbano e do Vitápolis; nas demais unidades de saúde, das 9h às 15h


A partir da próxima segunda-feira (03), a Prefeitura inicia o reforço da “Campanha de Vacinação contra a Gripe” na cidade. As vacinas serão aplicadas de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h, nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de Amador Bueno, Suburbano e do Vitápolis. Em todas as demais unidades de saúde do município a aplicação do imunizante acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 15h.


A Prefeitura solicita que as pessoas levem as carteirinhas de vacinação e CPF para facilitar o processo de imunização. O objetivo é imunizar pelo menos 90% dos grupos prioritários. No Estado de São Paulo, a estimativa é vacinar 18,4 milhões de pessoas.


O público-alvo da campanha são crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas, povos indígenas, trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos e mais, professores das escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema de privação de liberdade, população privada de liberdade e adolescentes e jovens em medidas socioeducativas.


Cobertura vacinal

A meta de cobertura vacinal contra a gripe em Itapevi é de 90% dos grupos prioritários. No ano passado foram aplicadas 78.149 doses da vacina. A cobertura chegou a 75,3%, uma vez que a projeção era de imunizar 64.159 pessoas do grupo prioritário. Vale lembrar que as crianças recebem as 1ª e 2ª doses do imunizante.


A aplicação das vacinas contra a Covid-19 e contra a gripe podem ser recebidas simultaneamente, independente da idade, inclusive as crianças a partir de 6 meses.

Os portadores de doenças crônicas não transmissíveis, que incluem pessoas com deficiências específicas, também devem se vacinar. Este público deve apresentar prescrição médica no ato da vacinação.


Alergia a ovo

A vacina é contraindicada para pessoas com histórico de reação anafilática prévia em doses anteriores ou para pessoas que tenham alergia grave relacionada a ovo de galinha e seus derivados. É importante procurar o médico para mais orientações.


Sobre a vacina

A vacina protege contra os três subtipos do vírus da gripe que mais circularam nos últimos anos no Hemisfério Sul, de acordo com determinação da OMS (Organização Mundial de Saúde) (A/H1N1; A/H3N2 e influenza B).


A transmissão dos vírus influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também ocorre por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz).


À população em geral, o Ministério da Saúde orienta a adoção de cuidados simples como medida de prevenção para evitar a doença, como: lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca ao tossir e espirrar; evitar tocar o rosto; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas.


Foto: Gabi Soares /PMI


20 visualizações

Comentários


bottom of page