Jardim Japão: Quadrilha do PIX troca tiros com a PM


Dois bandidos foram mortos após uma sucessão de roubos ocorridos com um veículo Voyage prata.

Por Fau Barbosa

Na manhã desta terça-feira, 26, dois bandidos membros da quadrilha do PIX foram mortos a pós trocarem tiros com a Polícia Militar. Horas antes, os ladrões haviam tentado roubar uma chácara em São Roque. Após a fuga do local, eles ainda roubaram dois veículos e fizeram os motoristas reféns.


Os fatos

Por volta das 7h15 da manhã, policiais militares do 50BPM/I foram informados via Copom sobre um roubo à residência na Rua Mairiporã, em São Roque.

Ao chegarem ao local, as vítimas contaram que um veículo Voyage Trend prata com placas de Cotia, havia estacionado em frente à casa. Dele saíram quatro indivíduos armados e invadiram a chácara. Ao perceber a tentativa do roubo, a família acabou se trancando em um dos quartos. Os ladrões acabaram fugindo, já que não conseguiram concretizar o roubo e alguém percebeu a ação e avisou a polícia.

A ocorrência foi irradiada pelo Copom e as viaturas passaram a fazer patrulhamento com vistas na região.


Por volta de 8h40, a Polícia Militar recebeu a informação de que um veículo Chevrolet Cobalt preto tinha sido roubado em Ibiúna, com retenção da vítima. Ao passarem pela Estrada do Aguassaí, os policiais foram informados que o Voyage com quatro indivíduos havia seguido em direção ao Jd. Japão, em Cotia. Ao seguirem pela Estrada Maria Quitéria, os policiais avistaram o Voyage atrás da viatura. Nesse momento o veículo parou e passou a dar marcha à ré. Dois indivíduos desembarcaram, e um correu para um terreno baldio às margens da via. O outro correu pela própria estrada.


Troca de tiros

Um dos policiais saiu da viatura e passou a perseguir o indivíduo que corria pela estrada, momento em que o bandido, que portava um revólver calibre 22, tomou rumo à esquerda e efetuou dois disparos na direção do policial. O policial revidou, também efetuando dois disparos e atingindo o meliante no peito. Foi solicitado apoio, e o baleado foi socorrido pela Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros ao PS de Vargem Grande Paulista, onde foi constatado o óbito.

Simultaneamente, o outro policial perseguiu o bandido que portava um revólver .38, e havia corrido para o terreno baldio. O criminoso disparou contra o policial, que também revidou, atingindo o meliante, que morreu no local.

No Voyage, os policiais localizaram uma vítima de roubo, que estava abaixada dentro do carro. O homem, de 56 anos, contou que teve sua caminhonete F250 roubada pelos quatro indivíduos momentos antes, na Estrada do Caeté. Um dos criminosos se evadiu com a caminhonete e a vítima tinha ficado refém com três criminosos no Voyage.

Também esteve no local uma vítima de roubo de um veículo Chevrolet Cobalt preto. O homem, de 55 anos, contou aos policiais que por volta das 07h30, no bairros dos Pintos, em Ibiúna, ele havia sido rendido por quatro indivíduos em um Voyage prata. A vítima permaneceu refém com três deles no Voyage, enquanto um dos criminosos se evadiu com seu veículo. Durante todo o tempo ele foi obrigado a fornecer senhas bancárias e realizar transferências via PIX. Depois de algum tempo foi levado para um cativeiro, onde ficou sobre a vigilância de outro criminoso, sendo libertado horas depois.


Enquanto mantinham a vítima do Cobalt refém, os criminosos abordaram o motorista da caminhonete F250, que também havia sido obrigado a entrar no Voyage. Eles exigiram o dinheiro da vítima, e que fizesse transferências via PIX. Foi quando se depararam com a viatura da PM e saíram correndo, abandonando o Voyage.


Vítimas e veículos foram conduzidos ao DP de Caucaia do Alto.


Guarda Civil

Durante diligências à procura dos demais autores dos roubos, Guardas Civis de Caucaia localizaram na Estrada da Água Espraiada, um indivíduo suspeito de estar envolvido nos crimes. Ele foi levado ao 1º DP de Caucaia do Alto para averiguação.


Na delegacia, as vítimas reconheceram os indivíduos mortos como sendo autores dos roubos.

Uma viatura da Guarda Civil localizou o Cobalt abandonado na Rua Visconde de Mauá, no Jd. Japão.


Segundo entendimento da Autoridade Policial, "a conduta perpetrada pelos policiais militares encontra-se acobertada pelo instituto da legítima defesa (art. 25, "caput", do CP), haja vista que os policiais efetuaram os disparos para repelir a injusta agressão, atual e iminente, já que os autores portavam armas de fogo e inclusive efetuaram disparos contra os policiais. Logo, não há que se falar em conduta típica e muito menos em situação flagrancial".

Já o suspeito detido pela Guarda Civil, foi liberado, pois não havia indícios suficientes de seu envolvimento no delito. "Embora ele tenha sido abordado em local próximo àquele onde estariam os autores, as vítimas não o reconheceram como partícipe do crime e ele negou veementemente qualquer envolvimento no delito", diz o boletim.


Foi solicitada perícia AFIS/IIRGD para os veículos (dos autores e das vítimas). As armas foram apreendidas e encaminhadas para perícia. O caso foi registrado no Boletim de Ocorrência de natureza "Roubo (art.157), com concurso de duas ou mais pessoas, com retenção de vítima e ameaça com arma de fogo" e "Homicídio (art.121), Morte em decorrência de intervenção policial".


Atenderam a ocorrência as viaturas da Polícia Militar do 50ºBPM/I; da 4ª Cia de Caucaia do Alto; da Guarda Civil de Cotia e demais viaturas.

608 visualizações