Jd. do Engenho: Indivíduo é preso pela PM após roubo de carga


Ele foi detido em um terreno invadido, após roubar carga de cigarros na Rodovia Bunjiro Nakao.

Nesta terça-feira,16, por volta das 9h da manhã, policiais militares foram acionados via Copom para atender um roubo de carga em andamento.

A empresa vítima possuía rastreador na carga e passou a localização para a polícia. Os policiais se deslocaram até o endereço indicado no rastreador, no final da Avenida

João Paulo Ablas, onde encontraram dois indivíduos fazendo transbordo da carga de

cigarros para dois veículos Renault/Sandero.


Ao verem a viatura, os dois indivíduos empreenderam fuga e adentraram em uma mata fechada. Foi requisitado apoio e efetuado o cerco, inclusive com empenho do helicóptero “Águia” da Policia Militar.

Um dos indivíduos foi localizado e preso saindo do matagal, sendo identificado como D.J.G., de 31 anos. Ao ser indagado, ele informou que estaria trabalhando numa obra em uma invasão existente naquela localidade e que nada saberia informar sobre o roubo e os

veículos abandonados ali perto.


Foi feito contato com a vítima, sendo encaminhada uma fotografia do indivíduo e esta informou que aquele indivíduo se parecia muito com o mesmo que o abordara, já que seus olhos tinham um formato um pouco estranho (eram meio caídos).


Apesar de alegar que estaria trabalhando numa obra, num dia de sol quente, o indiciado vestia camiseta branca e shorts vermelho que estavam completamente limpos, sem quaisquer sinais de serem trajados por alguém que estivesse trabalhando sob o sol quente.


Diante de tais fatos, havendo fundada suspeita do indiciado ter participado do roubo em questão, ele, os veículos e a carga foram encaminhados ao 2º DP da Granja.


Os policiais militares efetuaram buscas no interior dos dois veículos abandonados. O primeiro veículo estava com placas clonadas e foi utilizado para o roubo. O segundo veículo, estava sendo utilizado receber a carga roubada, e em seu interior, foi localizada uma cédula de identidade, um título de eleitor e uma autorização para transferência de veículo.


Foi, ainda, efetuada varredura por todo local onde foi localizado o indiciado, sendo encontrada, escondida no matagal, uma camisete de manga comprida preta, um boné com aba vermelha e uma máscara descartável azul, mesmas roupas utilizadas no momento em que a vítima foi abordada.


O Roubo

A vítima compareceu à delegacia e contou que estava fazendo uma entrega em um Posto de Gasolina localizado na Rodovia Bunjiro Nakao, em Vargem Grande Paulista, quando foi abordado por um indivíduo desconhecido que trajava calça jeans, camisa preta de manga longa, boné com aba vermelha e uma máscara descartável azul. A vítima relatou que, ao abrir a porta traseira da van, um indivíduo desconhecido, simulando estar armado, mandou

que ele retornasse ao interior do veículo. Ele foi acompanhado pelo indivíduo que, sabendo que a porta do passageiro não pode ser aberta porque o veículo é instantaneamente bloqueado, entrou pela porta do motorista e se sentou no banco do passageiro.


A vítima tomou a direção do veículo e, sob ordens desse individuo, passou a seguir um veículo Renault/Sandero branco que ia na sua frente, até uma rua deserta, ali nas proximidades, onde a vítima também foi obrigada a descarregar parte da carga que foi transferida para aquele veículo, onde havia outro indivíduo desconhecido.


Em seguida, os dois se evadiram do local e liberaram a vítima. A vítima esclareceu, ainda, que em uma das caixas havia um rastreador, e logo que foi liberado avisou a empresa, que entrou em contato com a Polícia Militar para passar a localização da mercadoria e dos ladrões.


Na delegacia, a vítima reconheceu o indivíduo, sem sombra de dúvida, como sendo o mesmo indivíduo que o abordara.


A delegada Dra. Patrícia Barros determinou a prisão em flagrante pela prática de Roubo Qualificado, previsto no art. 157, § 2º, incisos I e II, do CP, bem como determinou fosse ele

formalmente indiciado, nos termos legais.


Considerando os antecedentes do indiciado e a gravidade da conduta criminosa, já que muitos desses roubos acabam na morte da vítima, a Autoridade, nos termos do art. 312 e seguintes do CPP, representou pela pela conversão da prisão em Prisão Preventiva, para garantia da ordem pública e para assegurar a aplicação da lei penal.


A carga de cigarros, no valor de R$ R$48,054.00 (quarenta e oito mil e cinquenta e quatro reais) foi totalmente recuperada, sendo entregue ao representante da empresa.


Os veículos foram apreendidos e encaminhados ao pátio.


O preso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Cotia, onde aguardará realização

de audiência de custódia.


Imagens: Polícia Militar