Locais de prova do Enem 2020 já podem ser acessados


Cartão de confirmação possui os locais de prova do exame e instruções para as provas. Acesso é individual e feito na Página do Participante.

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) liberou hoje, 5 de janeiro, o Cartão de Confirmação da Inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020. O documento contém as principais informações sobre a aplicação da prova impressa.


As provas do Enem 2020 na versão impressa serão aplicadas nos dias 17 e 24 de janeiro. Os locais de prova do Enem Digital só serão liberados em 15 de janeiro, exame este previsto para 31/01 e 7 de fevereiro.


Como acessar o Cartão?

Para conferir o cartão o participante deve entrar na Página do Participante e informar o CPF e a senha. O estudante pode optar por acessar o cartão do computador ou por meio de dispositivos móveis, como celulares e tablets, utilizando o aplicativo oficial do Enem.


Nos dias das provas, o Inep não exige que o participante leve o cartão, porém, é recomendado que ele seja levado impresso para facilitar o acesso ao local de prova.


Quais as informações estão disponíveis no Cartão?

- Nome completo - Número da inscrição - CPF - Opção de Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol) - Atendimento especializado e/ou específico (se solicitado) - Datas e horários das provas - Local de aplicação do exame - Número da sala - Cidade de realização do exame - Instruções sobre a Covid-19 - Obrigatoriedade do uso da máscara - Necessidade de levar a própria água

Quais alterações podem ser feitas?

Se as informações no cartão estiverem incorretas, o participante deve entrar em contato com o Inep por telefone, antes da aplicação das provas, para solucionar o problema. O telefone de contato do Inep é 0800 616161.


Nos casos dos locais de prova, atendimento especializado e opção de língua estrangeira, não é possível promover mudanças. A alteração só permitida durante o período das inscrições.


Declaração de Comparecimento

Os participantes também podem, a partir de hoje, imprimir a Declaração de Comparecimento do primeiro dia do Enem 2020. O documento é usado para abonar a falta ao trabalho de estudantes que estão fazendo as provas.


Enem 2020

Com a pandemia do coronavírus, o Inep passou a planejar a melhor forma de aplicar o exame durante esse período e quais seriam as medidas de segurança sanitária adotadas para a realização do Enem 2020, que registrou para a edição 5.783.357 inscrições confirmadas.

Também para a edição 2020 haverá como novidade a aplicação das provas digitais, nas quais os estudantes resolverão as questões do exame em computadores e somente a redação será manuscrita. Do total de inscritos, 96.086 optaram por essa modalidade.


O que levar e o que não levar no dia de prova?

Para levar: Obrigatoriamente, os participantes devem levar o documento de identificação original com foto e a caneta preta. Para esta edição, a máscara de proteção facial também é exigida para a participação no exame.

Para NÃO levar: É proibido usar no dia do Enem acessórios como óculos escuros, bonés e gorros, materiais escolares como lápis, borracha e anotações, e equipamentos eletrônicos.

Celular: Levar o celular não é proibido, mas, se for possível, é melhor deixá-lo em casa. Caso o participante leve o aparelho, ele deve ser desligado e guardado no envelope entregue na entrada da sala. Durante a prova o aparelho não pode ser usado e também não pode emitir nenhum tipo de som, caso contrário, o participante pode ser eliminado do Enem.


Prevenção ao coronavírus

Confira abaixo as medidas de proteção aos participantes e todo o público que envolve a aplicação das provas.

  • Os participantes deverão, obrigatoriamente, usar máscara de proteção facial desde a entrada no local de prova até a saída, assim como os acompanhantes de mães que estiverem amamentando. A máscara deverá cobrir a boca e o nariz do participante, que poderá ser eliminado do Enem caso não respeite a determinação;

  • Os procedimentos de fiscalização, como identificação do participante, vistoria de materiais, lanches e artigos religiosos, serão realizados respeitando o isolamento entre as pessoas;

  • A ida ao banheiro será controlada e os estudantes terão que higienizar as mãos na entrada e saída dos banheiros;

  • Sala especial aos participantes que fazem parte do grupo de risco ao contagio do Covid-19. As salas especiais terão, no máximo, 12 pessoas. Se encaixam no grupo os seguintes participantes: gestantes, lactantes, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes, como cardiopatias, doenças pulmonares crônicas, diabetes, obesidade mórbida, hipertensão, doenças imunossupressoras e oncológicas;

  • Haverá aumento na quantidade de locais de aplicação da prova e diminuição do número de pessoas em uma única sala de aula. A estimativa é que a aplicação seja feita em 205 mil salas, distribuídas por 14 mil pontos de aplicação em todo o país;

  • Pessoas que estiverem com Covid-19 ou outras doenças transmissíveis nos dias do Enem 2020 poderão solicitar a reaplicação das provas. O pedido será recebido antes do exame, pela Página do Participante.

As provas do Enem 2020

O Inep manteve a estrutura das provas do Enem. Nos dois dias de prova ,os participantes vão ter que responder 180 questões e produzir uma redação

Os portões dos locais de prova serão fechados às 13h, horário de Brasília, e as provas serão aplicadas a partir das13h30. É importante saber qual o fuso horário do estado onde será feito o exame para saber a hora de chegar ao local.

Veja a divisão de conteúdos e o tempo para cada dia de prova:

  • 1º dia: 5h30 de duração

- 45 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias (Língua Portuguesa, Literatura, Educação Física, Artes e Língua Estrangeira) - 45 questões de Ciências Humanas e suas Tecnologias (Filosofia, Geografia, História e Sociologia) - Redação

  • 2º dia: 5h de duração

- 45 questões de Matemática e suas Tecnologias - 45 questões de Ciências da Natureza e suas Tecnologias (Biologia, Química e Física)


Com informações do BrasilEscola/Uol