Luto: Guarda Civil perde mais um guerreiro para o Covid-19

Atualizado: Jul 15


O GC Tofaneli, chamado carinhosamente de "Tofa" pelos amigos, tinha 47 anos e era da turma 01 fundadora da Romu de Cotia.

A Guarda Civil de Cotia está de luto por mais um companheiro de farda que se despede precocemente da tropa. Vítima do Coronavírus (Covid-19), o GCM Joaquim Tofaneli Neto faleceu na manhã desta terça-feira(14).


Nascido em 02/09/1972, em Presidente Prudente/SP, Tofaneli entrou na GCM de Cotia na turma de 2000. Ele era da turma 01 da equipe fundadora da Romu de Cotia, desde 2011. Tofaneli acumulava diversos elogios em ocorrências e tinha vários certificados na área de segurança.

Segundo os colegas de farda, Tofaneli deu plantão na noite do dia 06 de julho, quando apresentou os primeiros sintomas de Covid-19. No dia seguinte, ele e sua esposa Renata (GCM de Vargem Grande Paulista) foram até a UPA do Atalaia e de lá para o Hospital de Campanha. Devido à evolução do quadro de saúde, ambos foram transferidos para o Hospital de Cotia, onde permaneceram internados. A esposa não resistiu e faleceu na última sexta-feira (10). Tofaneli continuou internado em estado grave e acabou falecendo nesta terça-feira, por volta das 8h. Renata e Tofaneli deixam dois filhos.


O corpo do GC Tofanelli foi escoltado no início da tarde pelas viaturas da Guarda Civil em uma última homenagem ao colega de farda, até o cemitério em Vargem Grande Paulista.

Luto na GCM de Vargem Grande Paulista

Outro GCM de Vargem Grande Paulista, o GC Clodoaldo Silva, que também trabalhou vários anos em Cotia, passou mal na manhã de domingo(12). Segundo os colegas, ele deu entrada na UBS de VGP com sintomas de infarto, vindo a falecer. Foi feito o teste, que deu positivo pra Covid-19.

In memorian

Em abril deste ano, logo no começo da pandemia, a GCM de Cotia já havia perdido dois profissionais. O GCM Rogério que faleceu após ser diagnosticado com o Coronavírus e ficar internado por vários dias e o GC De Paula, que socorreu Rogério e morreu no mesmo dia que ele, após sofrer um infarto.

O Portal Viva se solidariza com as duas corporações. Nossos sentimentos pela perda destes profissionais da linha de frente, que colocaram suas vidas em risco para proteger a população.


Por Fau Barbosa