top of page

Metrô seleciona empresa que fará anteprojeto da linha que ligará Cotia a São Paulo


Consórcio Systra Prime vence licitação da Linha 22-Marrom com proposta de R$ 8 milhões e melhor nota técnica.


O Metrô de São Paulo apontou nesta quarta-feira (4) o consórcio vencedor da licitação de anteprojeto de engenharia e estudos ambientais da Linha 22-Marrom, que ligará Cotia ao bairro de Sumaré, na capital paulista.


A empresa com a melhor pontuação na análise comercial e técnica foi o Consórcio Systra Prime, formado pela Systra Engenharia e Prime Engenharia e Comércio. As duas não só obtiveram a melhor nota técnica, com 395 pontos, como também propuseram o menor valor pelo serviço – R$ 7.997.043,73.


Na soma da pontuação dos dois quesitos, o Systra Prime obteve 895 pontos enquanto o Consórcio GPO-Geocompany-Tetra-JGP marcou 762,01 pontos e o Linha 22-Marrom-NEMPI, 561,51 pontos.


O grupo vencedor até a segunda-feira, 9 de janeiro, para apresentar a planilha de preços e serviços, além de outros documentos para que o Metrô possa verificar sua validade. O resultado da análise será publicado posteriormente no site de licitações da companhia.


Veja as notas e preços da concorrência:

Modal ainda não definido

A Linha 22-Marrom foi um dos novos projetos que o Metrô lançou no segundo semestre de 2022, semanas antes das eleições para o governo do estado. O ramal já consta de estudos da companhia há tempos, mas está longe de ser prioritário. Tanto assim, que não há ainda um modal definido. O consórcio que assinar contrato para a licitação de anteprojeto avaliará de trens convencionais a monotrilhos e vias subterrâneas, na superfície ou elevadas.


Outro aspecto a ser pesado é se a Linha 22 terá dois tipos de modal, um entre Granja Julieta e Sumaré, e outro até Cotia, onde a demanda é menor. A Linha 22 pretende desafogar o trânsito na Rodovia Raposo Tavares, atender a região sul de Osasco, o bairro de Rio Pequeno e a USP. Ela deverá se conectar com a Linha 9-Esmeralda em Hebraica-Rebouças, Linha 4-Amarela em Faria Lima, Linha 20-Rosa em Teodoro Sampaio, terminando seu trajeto na estação Sumaré, onde funciona a Linha 2-Verde.


(Com informações do Metro CPTM)


Metrô de SP encaminha nota ao Portal Viva Cotia

"O Metrô realizou na última quarta-feira (4) a sessão de abertura das propostas comerciais das empresas classificadas na fase técnica para a elaboração do Anteprojeto de Engenharia e Estudo de Impacto Ambiental da futura Linha 22-Marrom.


O Consórcio Systra Prime L22 teve a melhor pontuação entre as três empresas classificadas na fase técnica, considerando os requisitos técnicos e comerciais. Agora, serão analisados os documentos de habilitação, antes de homologar o vencedor da licitação, possibilitando prosseguir para a assinatura do contrato e elaboração do cronograma de trabalho.


De acordo com os estudos iniciais do Metrô, a Linha 22 deve ter 29,3 km de extensão e 19 estações, ligando bairros da região Oeste de São Paulo, como Sumaré e Rio Pequeno, à Cotia, passando por Osasco e Granja Viana".


Saiba mais:


624 visualizações

Comments


bottom of page