top of page

Operação: Policiais Civis da Dise de Carapicuíba estouram casa bomba

Quatro indivíduos foram presos e mais de 18,5 kg de drogas foram apreendidas


Fau Barbosa

Quatro homens foram presos em flagrante na manhã desta quarta-feira, 13, por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro. A Operação foi realizada pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (DISE) de Carapicuíba.


Os Policiais Civis, durante atuação de campo visando coibir crimes de tráfico de drogas na área da Delegacia Seccional de Carapicuíba receberam a informação que um veículo Fiat/Punto estaria sendo utilizado para o transporte de drogas entre a Capital e Barueri.


Após diligências, os Policiais Civis conseguiram verificar o trajeto comumente realizado por aquele veículo, e por volta das 11h30 da manhã identificaram que ele estava estacionado em frente a um imóvel em um bairro da zona sul de São Paulo.


Imóvel alugado

Foi realizada diligência até o endereço e após breve período de vigilância foi possível notar que um indivíduo do sexo masculino saiu do imóvel e rapidamente entrou no veículo. Foi feita a abordagem e em revista pessoal, os policiais localizaram apenas um aparelho celular. Questionado sobre os fatos, o indivíduo confirmou que aquele imóvel teria sido alugado exclusivamente para servir como local de armazenamento de drogas que seriam distribuídas aos pontos de comercialização. Ele autorizou a entrada dos policiais no imóvel, que após minuciosa vistoria localizaram uma folha de caderno contendo anotações da contabilidade do tráfico, bem como a quantia de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) em notas de R$ 50,00 (cinquenta reais).


Novamente questionado, ele confirmou que tinha se dirigido até aquele imóvel justamente para guardar as anotações e a quantia obtida com a venda das drogas para que posteriormente fossem repassadas a outros integrantes da organização criminosa. O indivíduo também esclareceu que as drogas que estavam armazenadas ali anteriormente já haviam sido distribuídas e ele estaria incumbido de buscar mais em um outro imóvel usado para o mesmo fim.


Casa Bomba

Após a confirmação do novo endereço, os policiais foram para o local, um imóvel localizado em um comunidade na zona sul. Os Policiais Civis da Dise notaram que o imóvel estava com as portas abertas e haviam três indivíduos em seu interior. Foi possível observar grande quantidade de substâncias aparentando ser drogas e de pequenas embalagens utilizadas para a individualização das porções para venda.


Ao se aproximarem da porta, os policiais se identificaram e abordaram os três indivíduos.


Com eles nada foi encontrado, mas após vistoria no imóvel, foram localizados:

  • 20.000 (vinte mil) eppendorf's de cocaína;

  • 25.000 (vinte e cinco mil) porções de maconha na forma de "K2";

  • 32 (trinta e duas) porções de maconha;

  • 174 (cento e setenta e quatro) porções de Skunk;

  • 3.350 (três mil, trezentas e cinquenta) "pedras" de Crack;

  • 1.500 (hum mil e quinhentos) gramas de maconha à granel;

  • 412 (quatrocentos e doze) gramas de crack à granel;

  • 14.700 (quatorze mil e setecentos) gramas de cocaína à granel;

  • 01 (uma) balança de precisão utilizada para a pesagem de drogas;

  • 01 (uma) faca utilizada para a separação das drogas;

  • 04 (quatro) aparelhos de celular;

  • 04 (quatro) cadernos contendo diversas anotações da contabilidade do tráfico.

Mais de 18,5 kg de drogas foram apreendidas


Na garagem do imóvel foram localizados dois veículos, um VW/Gol e um VW/Van, e uma motocicleta Honda/CG 10 Titan. Os três indivíduos foram identificados e confirmaram que estavam ali realizando a separação das drogas, bem como embalando-as em porções individuais para posterior comercialização.

Grande quantidade de drogas foi apreendida


Os Policiais Civis conduziram os indivíduos, os veículos e as substâncias e objetos para a DISE de Carapicuíba onde, com a chegada dos Laudos Periciais Preliminares foi constatado que todas as substâncias tinham peso líquido total de 20.550,95 gramas.


A Autoridade Policial, Dr Estevão Tirone de Castro deu voz de prisão em flagrante, indiciando os indivíduos de 26, 34, 43 e 47 anos, pela autoria dos crimes incursos na Lei 11.343/06 - Entorpecentes - Drogas sem autorização ou em desacordo (Art.33, caput) - Associarem-se duas ou mais pessoas - arts. 33, caput e § 1o, e 34 (Art.35,caput) e L 9.613/98 - Lavagem de Bens, Direitos e Valores - Lavagem de dinheiro (Art. 1º).


Os veículos foram apreendidos, assim como todos os demais objetos e quantia em dinheiro. Além das prisões em flagrante também foi determinado o cumprimento de mais um mandado de prisão.

82 visualizações

Comments


bottom of page