top of page

Osasco: Quatro indivíduos são presos pela PM após extorsão mediante sequestro


A vítima teria marcado encontro por aplicativo e ao chegar acabou sendo rendida.

 

A Polícia Militar prendeu, na noite de segunda-feira (31), três homens e uma mulher que foram flagrados extorquindo um homem mediante sequestro. O crime teve início em Osasco e a vítima foi libertada no bairro do Butantã.


Policiais Militares do 23º Batalhão de Polícia Militar Metropolitano (BPM/M) fazia patrulhamento pela região do Rio Pequeno, quando visualizou dois veículos em um lugar ermo e resolveu realizar a abordagem.

Durante a fiscalização no veículo GM/Montana, foi localizada uma vítima. O homem, que era mantido refém, informou ter sido agredido e ameaçado. Após informar a senha de sua conta bancária, os criminosos subtraíram aproximadamente R$ 7 mil reais.


O Sequestro A vítima contou à Polícia que conheceu uma mulher em um aplicativo de relacionamento e marcou encontro na Rua Cesário Vendramini, no bairro Vila Adalgiza, em Osasco. Quando chegava ao endereço agendado, foi surpreendido pelos ocupantes de um GM/Corsa, que desceram do veículo armados e anunciaram o roubo.


A vítima foi então encapuzada e mantida refém, sendo obrigada a realizar transferências bancárias. Os bandidos também roubaram um relógio, cartões e documentos pessoais da vítima.

Após circular por algum tempo sob a mira dos criminosos, a vítima, que ainda estava vendada, foi surpreendida com a abordagem dos policiais militares que a resgataram e recuperaram seu veículo e seu aparelho celular, prendendo os criminosos.

Os veículos foram encaminhados à perícia e os envolvidos foram reconhecidos formalmente como autores do roubo. A ocorrência foi registrada como roubo e extorsão no 14º Distrito Policial (Pinheiros) e encaminhada ao 51º DP (Rio Pequeno), responsável pela área.

As investigações da Polícia Civil continuam, com o intuito de identificar e capturar um quinto suspeito que conseguiu fugir, além de localizar as armas usadas no crime.





59 visualizações
bottom of page