PM flagra desmanche em Caucaia do Alto


Quatro indivíduos foram presos em flagrante

Por volta das 15h da quarta-feira(24), policiais militares da 4ª Cia receberam a informação, via Copom, de que em um galpão azul, situado na altura do nº 5.000 da Estrada Água Espraiada, havia um veículo de carga (caminhão). A denúncia informava sinda que provavelmente o veículo seria de origem ilícita, e estava sendo desmontado por alguns indivíduos.


Os policiais foram até o local, onde fizeram o cerco ao imóvel. Os suspeitos, ao

avistarem as viaturas por meio de câmeras internas, saíram correndo pelos fundos, em direção a um matagal, sendo acompanhados pelos policiais. Dois deles foram alcançados e detidos pela equipe do CGP 4. Outros dois foram presos já no meio da mata, em uma região cheia de lama.

Dentro do galpão, os policiais encontraram encontraram várias peças de caminhão e ferramentas utilizadas para o desmanche de veículos. No local estava um caminhão (Scania), produto de roubo, um aparelho bloqueador de sinal (capetinha) e uma central de monitoramento.

Ao serem questionados, os meliantes negaram os fatos, dizendo que só estavam realizando a pintura da parede, porém nada relacionado a isso estava no local. Entre as peças localizadas, estava uma placa de identificação de um caminhão que havia sido

roubado no mesmo dia, cujo registro de roubo havia sido informado pelo 190 da PM.

Os indivíduos foram encaminhados ao DP de Caucaia, onde a delegada Dra. Patricia de Barros solicitou perícia do local e determinou a prisão em flagrante dos indivíduos, que foram indiciados pela prática dos crimes de Receptação Qualificada (art. 180, parágrafo 1º) e Associação Criminosa (art. 288). A autoridade solicitou ainda a conversão

da prisão em flagrante em Prisão Preventiva, visto que os delitos praticados, a

forma de organização e os aparelhos e equipamentos apreendidos demonstram que os

indiciados fazem parte de uma cadeia que se inicia com o roubo de veículos, seu

desmonte e subsequente venda dessas partes de maneira ilícita.


Segundo a delegada, estes atos denotam a gravidade concreta da conduta perpetrada pelos indiciados e sua periculosidade, visto que fomentam a prática de outros delitos mais graves que, muitas vezes, terminam na morte de eventuais vítimas.

"Analisando as fichas criminais dos indiciados, verificamos que todos eles possuem antecedentes criminais por furto (art.155) e roubo (art.157), fato que demonstra que eles tem como meio de vida e sustento a prática de delitos e, se soltos, certamente, continuarão a delinquir", disse à reportagem do Portal Viva Cotia.


Os presos foram encaminhados para a Cadeia Pública de Cotia, onde permanecerão à disposição da Justiça.


Atenderam a ocorrência as equipes da 4ª Cia do 33º BPM/M, viatura m-33409, Cap. Matioli e Sd Reis; M-33404, Sgto. Anderson e Sd Viana; M-33408, Cb Vanessa e Sd Cruzoleto; M-33405, Cb Sartori e Sd Fontes; M-33410, Cb dos Santos e Sd Filho e M-33419 Cb Cezar e Sd Sabino, com apoio do Águia, da Força Tática e da equipe do COE.