Polícia Ambiental embarga obra e apreende máquinas em Itapecerica da Serra


Operação aconteceu em parceria com a Cetesb, Guarda Civil e Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade. Vídeo mostra a amplitude do desmatamento.

A Polícia Militar Ambiental juntamente com a Coordenadoria de Fiscalização e Biodiversidade (CFB), Companhia Ambiental do Estado de SP (CETESB), Guarda Civil Municipal (GCM) e Prefeitura de Itapecerica da Serra realizaram operação contra a degradação da flora e parcelamento irregular de solo em pontos específicos no município.


A operação aconteceu no Jd. Santa Júlia e contou com planejamento integrado entre os órgãos envolvidos havendo suporte técnico de georreferenciamento das áreas a serem vistoriadas.

Além da fiscalização ambiental, houve a identificação dos pontos com placas alertando a população sobre a proibição de construção e sanções cabíveis, bem como o fechamento dos acessos com blocos de concreto.

Descumprimento de Embargo

Na Estrada do Crispim, os policiais flagraram um m terreno inserido em área de Proteção e Recuperação aos Mananciais provido de vegetação nativa secundaria do Bioma Mata Atlântica (Floresta Ombrófila Densa), em seu estagio inicial de regeneração.


Em vistoria no local, foi constatado o Auto de Infração Ambiental e embargo de área n° 20210322010920-1 de 22 de Março de 2021, bem como a movimentação de terra para abertura de vias, demarcação de solo por estacas de madeiras para implantação de loteamento irregular e duas máquinas estacionadas e trancadas no local, sendo uma retroescavadeira modelo SANY SY 1350 identificação n° SANSY 135 PDE 101638 e uma máquina esteira sem identificação.

No momento da fiscalização compareceu no local um senhor, qualificado como autor direto, o qual informou que é o responsável pela área e que não possui nenhuma autorização dos órgãos ambientais competentes para a movimentação de terra e implantação de loteamento na área embargada.


Diante do acima exposto foi elaborado na esfera administrativa o Auto de Infração Ambiental n° 20210506008182-1 por descumprir embargo imposto pelo AIA PAmb n° 20210322010920-1 de 22 de Março de 2021, de multa simples valorada em R$ 10.000,00 mil reais.


O senhor foi conduzido ao DIICMA de Embu das Artes, onde o delegado de Plantão, Alexandre Miguel Palermo, tomou ciência dos fatos, requisitou perícia, e elaborou o BOPC n° 52/21 de natureza: "Destruir ou danificar vegetação/ Parcelamento de solo", bem como apreendeu as máquinas.


Atenderam as ocorrências as equipes das viaturas A-01219 - 1 Ten. Gollis, Cb Almir e Sd Francisco e A-01201 - Cb Lisboa e Sd Silva, com apoio da viatura S-1014 da perícia, perito Amauri.


109 visualizações