top of page

Polícia Civil fecha fábrica clandestina e apreende bebidas falsas prontas para venda

Material foi apreendido em Santana de Parnaíba. Um indivíduo de 21 anos foi preso em flagrante. Veja o vídeo do local.


Fau Barbosa

Na tarde desta terça-feira, 5, Policiais Civis do DP de Santana de Parnaíba fecharam uma fábrica clandestina de bebidas localizada em um imóvel no bairro da Fazendinha. A ação aconteceu após intenso trabalho investigativo e de monitoramento em adegas na cidade.


A reportagem do Portal Viva apurou que na semana passada, os policiais fizeram uma ação em três adegas que tinham indícios de venda de bebidas falsas. Nessa ação, foi verificado um possível local onde as bebidas seriam falsificadas. Após o trabalho de inteligência e de posse das informações, os policiais foram até o imóvel, onde permaneceram em trabalho velado, observando a movimentação.


Os policiais deram a batida e durante a verificação foi confirmada a suspeita de que no imóvel funcionava uma fábrica clandestina voltada para produção de bebidas alcoólicas falsas. Ao abrirem a garagem, eles sentiram um cheiro muito forte de álcool e misturas. No local estava um funcionário que autorizou a entrada dos policiais.


Foram apreendidos 766 vasilhames vazios, 25 galões vazios, mais de 2 milhões de adesivos, carimbo, equipamento para inserção de tampa, e uma máquina usada para lacrar as garrafas. No local estavam 219 garrafas envasadas prontas para venda.

Material apreendido foi encaminhado para perícia.


O delegado titular de Santana de Parnaíba, Dr. Fábio Silva Siqueira falou à reportagem do Portal Viva sobre o caso:

"No último dia 30 foi realizada uma operação policial pela Delegacia de Santana de Parnaíba voltada a fiscalização de estabelecimentos que estavam vendendo bebidas de origem espúria, bebida falsificada. Através dessa operação, no dia 5, ontem, conseguimos chegar ao local onde essas bebidas estavam sendo falsificadas, ou seja, a fábrica desses produtos ilícitos. Havia uma pessoa no interior do estabelecimento. Essa pessoa foi autuada em flagrante e agora a Polícia trabalha na identificação e responsabilização do proprietário dessa fábrica clandestina de bebidas", relatou.

Vídeo mostra o local onde as bebidas eram falsificadas


O funcionário, de 21 anos foi preso em flagrante. Ele não tinha passagem pela Polícia.


O caso foi registrado em boletim de ocorrência na Delegacia de Santana de Parnaíba, de natureza "Corromper, adulterar, falsificar ou alterar substância ou produto alimentício destinado a consumo, tornando-o nociva à saúde ou reduzindo-lhe o valor nutritivo" (Art. 272).

53 visualizações

Comments


bottom of page