top of page

Policiais Civis do 2º DP da Granja Viana apreendem drogas escondidas em carga vinda do Paraguai


Carreta com quase 240kg de maconha foi abordada na Rodovia Raposo Tavares, em Angatuba


Fau Barbosa

Policiais Civis do 2º DP da Granja Viana tomaram conhecimento nesta quarta-feira, 8, sobre um caminhão marca Scania branco vindo do Paraguai com grande quantidade de mercadorias contrabandeadas, tendo como destino a cidade de Cotia.


Os policiais iniciaram diligências com vistas a apurar os fatos, e por volta das 15h20, na altura do km 194 da Rodovia Raposo Tavares, em Angatuba, avistaram e interceptaram o veículo.

Policiais civis abordam motorista do caminhão


Na cabine do caminhão estavam o motorista e um ajudante, ambos de nacionalidade paraguaia. Cientificado da denúncia envolvendo o caminhão por ele conduzido, o motorista informou que o veículo levava bobinas de ráfia e tinha sido carregado na Ciudad del Leste com destino a cidade de Ribeirão Preto/SP. O motorista disse ainda que Foz do Iguaçu/PR parou para carregar 13 (treze) caixas de cigarros eletrônicos modelo VIPER com destino à cidade Itu/SP, aceitando a proposta de uma pessoa que lhe ofereceu o valor de R$ 200,00 (duzentos reais) por cada volume transportado como forma de garantir uma renda extra a família.


Diante dos fatos, os policiais civis conduziram a ocorrência ao 2º DP da Granja Viana, onde foi feita a abertura do baú do caminhão e conforme dito pelo motorista, foram encontradas 139 peças de bobinas de ráfia, além de 13 caixas de papelão envoltas com filme plástico com a inscrição VIPER.

Entretanto, ao abrirem as respectivas caixas, a Equipe policial constatou inúmeros tabletes de substância vegetal de cor esverdeada prensada (maconha), não sendo encontrados produtos fumígenos. Surpreso, o motorista disse com veemência desconhecer a carga de entorpecentes alegando que quando parou para carregar o caminhão em Foz do Iguaçu as caixas de papelão já estavam lacradas e plastificadas de modo que não tinha conhecimento da mercadoria nela armazenada, acreditando ser cigarrilhas e essências para narguilé conforme combinado com o indivíduo mediante pagamento da quantia de R$ 2.600,00 (dois mil e seiscentos reais) após descarregamento em um posto de gasolina no município de Itu.

Carreta vinda do Paraguai transportava carga de maconha


Foi requisitado exame de constatação para a droga apreendida, cujo Laudo Pericial nº 367.746/2023 do IC de Taboão da Serra resultou positivo na detecção de 238 quilos e 890 gramas de TETRAHIDROCANNABINOL (THC) correspondente a 443 tabletes de maconha.


Foi dada voz de prisão ao motorista,, que negou a pratica do crime bradando com indignação "ter sido enganado", justificando ter concordado com o transporte de caixas de VIPER e não maconha. Com relação ao passageiro, foi apurado tratar-se de um amigo do motorista o qual partiu em viagem consigo rumo a São Paulo na condição de carona para praticar aulas de condução de caminhões.

Foi feito contato com o proprietário do caminhão, que alegou desconhecimento do transporte da substancia ilícita, dizendo nunca ter tido problema com o funcionário e se comprometendo a encaminhar um advogado e representante da empresa para Cotia nas próximas horas.


O caminhão e a mercadoria foram apreendidos para averiguação da licitude e procedência. O motorista foi indiciado e recolhido à Cadeia Publica de Cotia onde permanecerá à disposição da justiça no aguardo de Audiência de Custódia.


A ocorrência foi registrada no 2º DP da Granja Viana, em boletim de natureza "L 11.343/06 - Entorpecentes - Drogas sem autorização ou em desacordo (Art.33, caput)".

108 visualizações

Comments


bottom of page