top of page

Policiais de Força Tática prendem autores de roubo que fizeram reféns em comércio


Fau Barbosa

Nesta quinta-feira, 29, policiais militares ficaram sabendo de um roubo com retenção de vítimas dentro do escritório de um estabelecimento comercial, em Vargem Grande Paulista.


Durante patrulhamento de Força Tática no bairro do Miguel Mirizola, os policiais já tinham conhecimento a respeito de uma quadrilha de assaltantes que costumava praticar assaltos com esse Modus operandi, e passaram a patrulhar com vistas a localização dos ladrões.


Por volta das 20h40, ao acessarem a Rua Lagoa do Abaeté, avistaram quatro indivíduos do sexo masculino e uma mulher em frente a um bar. Ao perceberem a presença da viatura, três deles e a mulher entraram no bar e o quarto indivíduo saiu caminhando pela calçada, o que gerou suspeita.


Foi dada ordem de parada ao indivíduo que caminhava pela calçada, porém ele empreendeu fuga para dentro de uma comunidade, conseguindo fugir sem ser identificado.


Os policiais fizeram a abordagem dos demais indivíduos e da mulher que estavam no bar, e na busca pessoal, nada de ilícito foi encontrado. Passaram então a entrevistar os abordados em separado. A mulher disse que conhecia o adolescente que estava junto e que ele havia lhe telefonado momentos antes, pedindo que fosse buscá-lo no posto de gasolina ao lado do Atacadão, em Cotia. Ela foi até o local com seu veículo, um GM Corsa e ao chegar, viu o adolescente acompanhado de outros dois indivíduos que não conhecia. Quando ele entrou no veículo, disse que estava armado, mas ela não chegou a ver a arma. Ele teria ficado em um bar no Mirizola e os outros dois pediram pra ficar no Jd. Petrópolis. O adolescente havia lhe prometido uns 30 reais pelo serviço.


Com base no relato da mulher, os policiais questionaram o menor, que ficou bastante nervoso e acabou confessando que havia participado de um roubo num estabelecimento comercial em Vargem Grande Paulista, junto com outros indivíduos, onde retiveram as vítimas dentro do próprio local. Ele teria saído do local do roubo em um veículo HB20 branco e teria deixado o veículo no estacionamento do sacolão. O veículo não foi localizado. O adolescente disse que utilizava de uma conta bancária do PagBank, em nome de sua mãe, na qual receberia sua parte adquirida no roubo. Ele afirmou ainda que a mulher apenas lhe deu carona e não sabia do crime, só foi buscá-lo por ser sua conhecida.


Os três foram levados ao DP de Cotia, onde dois deles foram reconhecidos como autores do roubo. A Autoridade Policial determinou o registro de boletim de natureza "Roubo (art. 157) - Veículo § 2º, II - há concurso de duas ou mais pessoas § 2ºA, I - Se a violência ou ameaça é exercida com emprego de arma de fogo; § 2º, V - o agente mantém a vítima em seu poder, restringindo sua liberdade", assim como Ato Infracional do menor pelo mesmo crime, ficando os dois à disposição da Justiça.


O Roubo

A vítima do roubo contou que pela manhã, por volta das 11h, estava em sua agência de veículos, juntamente com seu funcionário, quando foram abordados por quatro indivíduos desconhecidos que chegaram em um veículo HB20. Um deles, que empunhava uma arma de fogo e era o mais agressivo, ordenou que ficassem olhando para o chão, sendo levados ao escritório da agência, sendo amarrados pelos braços e pernas com fitas colantes tipo durex. Os quatro roubadores ficaram dentro da agência por aproximadamente três horas, mantendo as vítimas como reféns, e as obrigando a realizar vários PIXs. O valor total das transferências foi em torno de R$ 30.300,00, sendo roubados mais três telefones celulares, aliança e corrente de ouro. Ao saírem, os bandidos levaram um veículo Ford Ka, de propriedade do estabelecimento.


A vítima disse à Polícia que o indivíduo que dava as ordens aos demais e empunhava a arma de fogo, era um adolescente. Durante o tempo em que ficaram no estabelecimento, um cliente e um entregador que ali chegaram, também foram dominados pelos roubadores e levados ao escritório, permanecendo também como reféns. O adolescente e um outro ladrão ameaçavam a vítima o tempo todo de "levar um tiro" e de levá-los para um cativeiro, caso não fizesses as transferências exigidas. O roubo foi registrado no DP de Vargem Grande Paulista. Além do veículo Ford Ka, pertencente a loja, outros pertences pessoais, como telefones celulares e outros objetos não foram recuperados.


Atendeu a ocorrência a viatura do 1° Pelotão de Força Tática/Rocam de Dejem M-33389, com apoio das viaturas M-33340, M-33015 e Dejem Rocam M-33012.

358 visualizações

Comments


bottom of page