Policiais Militares prendem um dos autores de latrocínio ocorrido em Taboão da Serra


Por Fau Barbosa

Advogado aposentado foi morto há duas semanas quando saía de casa. Indivíduo preso estava em um veículo que foi abordado na Avenida Brasil, em Cotia.

Por volta das 19h25 desta quarta-feira,28, policiais militares da 3ª Cia faziam fiscalização de trânsito na Avenida Brasil, no Centro, quando abordaram um veículo GM/Corsa sedan preto com placas de Cotia. O veículo foi abordado pelo excesso de passageiros e com criança pequena no banco traseiro, no intuito de orientar a condutora.

Os policiais observaram que no interior do veículo haviam quatro mulheres, uma criança e um rapaz. Todos apresentaram os documentos, com exceção do rapaz, que alegou ter deixado a carteira em casa e não sabia informar o número de sua cédula de identidade.


Diante disso, foi solicitado que ele descesse do veículo e informasse seus dados pessoais. Nas pesquisas junto ao Copom, não foi possível obter informações, mesmo após diversas tentativas. Porém ele acabou sendo reconhecido pelos policiais por ter participado de um latrocínio na região de Taboão da Serra, o qual foi filmado e retransmitido em rede nacional de TV. O indivíduo foi reconhecido nas imagens, sem sombras de dúvidas, como sendo um os integrantes da quadrilha que praticou o crime, inclusive estava usando o mesmo tênis da data dos fatos.


Diante das evidências, o indivíduo F.H.S., de 23 anos foi conduzido ao DP de Cotia, onde contou que havia jogado fora seus documentos pessoais, alegando que estava sendo procurado, porém não esclarecendo os motivos.


Foi providenciado contato com o chefe dos Investigadores do 2º DP de Taboão da Serra, que confirmou a existência de um Mandado de Prisão Temporária expedido em 20/04/2021, pelo MM Juiz de Direito da Vara Criminal de Taboão da Serra/SP.

O indivíduo foi preso e encaminhado à Cadeia Pública.


Atendeu a ocorrência a viatura M-33307 da Polícia Militar, Sd Arruda e Sd Coelho, com apoio da viatura M-33306, CGP III Sgto. Buava e Sd Silva Junior.


O Crime

No dia 13 de abril, por volta das 14h10, um advogado aposentado de 66 anos foi baleado e morto quando saía com sua esposa da garagem de sua casa em uma rua pouco movimentada ao lado da Rodovia Régis Bittencourt, em Taboão da Serra. Eles iriam até a casa da filha em Caucaia do Alto - Cotia. Ao abrir o portão, o casal foi abordado por cinco indivíduos, que entraram na garagem, e em seguida houve um disparo de arma de fogo. Nas imagens de câmeras de segurança da rua, os indivíduos aparecem saindo da residência e levando o carro da vítima, além de notebook, celular e cartões de banco que estavam no seu interior.

A Guarda Civil foi acionada por uma testemunha que ouviu o disparo e os gritos da esposa da vítima. Ela gritava que tinha sido um assalto e os ladrões haviam baleado seu marido e fugido com o veículo em alta velocidade. Ao chegarem ao local, os guardas verificaram que a vítima tinha sido baleada no peito. O SAMU foi acionado, socorrendo a vítima ao PS Antena, porém não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

As câmeras de segurança da rua gravaram as imagens do roubo, que foram entregues ao setor de investigação do 2º DP de Taboão da Serra. Os investigadores confirmaram nas imagens que o crime foi praticado por cinco indivíduos.

No dia 15 de abril, por volta das 15h, a Polícia localizou o veículo abandonado em via pública na zona rural de Taboão da Serra. Foi solicitada perícia.