Prefeitura e Sebrae lançam programa “Start Itapevi”


Objetivo é selecionar 10 empresas de inovação na cidade e oferecer interação no setor, direcionar crescimento e resultado, além de propor experiências junto aos profissionais de mercado


O Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), com o apoio da Prefeitura de Itapevi, lança na cidade o programa “Start Itapevi” de incentivo às startups, que consiste em empresas emergentes e com alta capacidade de inovação e criatividade. Serão selecionadas 10 startups do município para participar da iniciativa.


Para se inscrever, basta acessar o link (https://lnkd.in/ggePjTi7 ) e preencher o formulário de coleta para o diagnóstico de acompanhamento da empresa. Os interessados têm até o dia 15 de junho para realizar a inscrição.


O programa propõe aos selecionados, a realização de Meetups, que são conexões e interações com os principais atores do setor de inovação. Acompanhamento, que consiste no chamado “Head de Aceleração” e que tem como objetivo entender os principais desafios da startup, acompanhar e direcionar a nova empresa para crescimento e resultado; Mentoria de Mercado, disponibilização de profissionais com experiência e conhecimento de mercado para apoiar a startup nesse crescimento.


A iniciativa também possibilita a participação na maior Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo (CASE) 2022, promovida pela Abstartups (Associação Brasileira de Startups), que são encontros entre startups, investidores, mentores, comunidades, grandes nomes do setor de startups e outros apoiadores do empreendedorismo do mundo todo. A Conferência acontece nos dias 17 e 18 de novembro, no Transamerica Expo Center, na cidade de São Paulo.


Sobre o Start

É um programa para startups idealizado pelo Sebrae for Startups, pela Abstartups e por mais de 200 parceiros promotores dos Ecossistemas (empresas do setor) de inovação do estado de São Paulo. É uma oportunidade não apenas de acelerar a sua startup, como também se conectar com os principais promotores da inovação da cidade.


O programa é gratuito, tem como foco principal mentorias e acompanhamentos online e além disso, estão previstos encontros com o objetivo de facilitar a circulação e o networking com os principais speakers (palestrantes) de inovação do setor. Além de contar com uma programação de ações por cidade e ser equity free, ou seja, uma forma de incentivar que startups em um estágio mais avançado de crescimento se interessem em participar de um programa de aceleração.


Durante três meses, as startups terão acesso à orientação técnica, que irá apoiá-los ao longo do treinamento; conexão com grandes especialistas de mercado nas mentorias; reuniões relevantes sobre inovação e tecnologia; conexão com os principais atores do setor de inovação regional.


Fotos: Divulgação PMI

14 visualizações