top of page

Projeto de privatização da Sabesp é aprovado na Alesp

Em sessão marcada por tumulto e confronto com a PM, a Assembleia Legislativa de SP aprovou a privatização da Sabesp por 62 votos a 1.


O projeto que prevê a privatização da Sabesp foi aprovado nesta quarta-feira (6) pelos deputados da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp). Aprovação aconteceu após uma sessão marcada por tumulto, que culminou na suspensão da discussão.


O texto recebeu 62 votos favoráveis e um contrário (da deputada Delegada Graciela - PL). Para ser aprovado, o PL precisava de maioria simples dos votos dos presentes.


Manifestantes x PM

Antes da votação, manifestantes que estavam nas galerias tentaram invadir o plenário. O presidente da Casa, André do Prado (PL), pediu reforço da segurança. No plenário, PMs tiveram dificuldades para conter os manifestantes e entraram em confronto. Alguns manifestantes foram detidos durante o tumulto.

Os deputados da oposição abandonaram a sessão depois do confronto. A polícia chegou a jogar spray de pimenta dentro do plenário.


A sessão foi interrompida por 1h32min, o plenário foi esvaziado, e, por volta das 20h, a sessão foi retomada.


O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos) comemorou a vitória de seu projeto em suas redes sociais: "Dia histórico para São Paulo! Parabéns aos bravos parlamentares da @AssembleiaSP que aprovaram a privatização da Sabesp. A coragem com que enfrentaram os ataques dos que não têm argumentos ajudará a construir um legado de universalização do saneamento, de despoluição de mananciais, de aumento da disponibilidade hídrica, de saúde para todos. Vocês estão ajudando a construir um novo futuro!"


A mudança no controle acionário de uma das maiores empresas de saneamento básico do mundo já é alvo de ações na Justiça paulista. Após a aprovação, os deputados contrários à privatização disseram que irão recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).


Com informações do G1

Foto: Reprodução









27 visualizações

Comments


bottom of page